Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1168
Título: Regulamentação social comunitária no domínio dos transportes : crime de uso de documento de identificação ou de viagem alheio e crime de falsificação de notação técnica
Autor: Marcelo, José João Mourinho, 1956-
Orientador: Valente Manuel Monteiro Guedes, 1970-
Cordeiro, António Manuel de Almeida Santos, 1949-
Palavras-chave: Transporte rodoviário - Direito e legislação - Países da União Europeia
Transporte rodoviário - Direito e legislação - Portugal
Tacógrafos - Direito e legislação - Países da União Europeia
Tacógrafos - Direito e legislação - Portugal
Data: 26-Set-2014
Resumo: A presente tese tem por objetivo analisar a factualidade típica que se resume na possibilidade de um motorista (independente ou por conta de outrem) sujeito à Regulamentação Social no Domínio dos Transportes Rodoviários, por sua iniciativa, utilizando o cartão tacográfico de outro motorista, conduzir por um número superior de horas do que aquele que lhe é permitido, frustrando desta forma os objetivos legais visados com o estabelecimento de máximos de horas de condução e mínimos de tempos de repouso que visam: a harmonização das regras de concorrência, a melhoria das condições de trabalho dos tripulantes dos veículos e o reforço da segurança rodoviária. Nesse sentido, é analisada a atividade transportadora nos seus aspetos económicos e sociais, são estudadas as legislações da União Europeia e comparados os regimes sancionatórios de alguns dos seus Estados-membros, dispensando-se uma especial atenção à sanção prevista no quadro normativo português. O estudo de caso apresentado aborda a natureza jurídica do cartão de condutor e das notações técnicas registadas, por ação e por omissão, nos cartões de condutor e no aparelho de tacógrafo digital, bem como a responsabilidade criminal e contraordenacional em que se constituem o condutor que detém a condução efetiva do veículo e o que cede o cartão para ser usado na condução. Neste estudo optamos por fazer uma análise das várias teorias do crime, seus elementos e tipos, dos bens jurídicos ameaçados e das relações entre normas. A metodologia seguida durante a elaboração da tese baseia-se num inquérito realizado a alguns Estados-membros com os quais Portugal mantém um maior intercâmbio de informações sobre o controlo da Regulamentação Social Comunitária e em revisões bibliográficas acerca do tema em causa e estudo de caso.
Descrição: Dissertação de mestrado em Direito, Universidade Lusíada de Lisboa, 2014
Exame público realizado em 24 de Setembro de 2014
URI: http://hdl.handle.net/11067/1168
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FD] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
md_jose_marcelo_dissertacao.pdfDissertação1,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.