Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/947
Título: Centralismo e anticentralismo no movimento constitucional em Espanha e Portugal
Autor: Abrunhosa, Ângelo
Palavras-chave: História constitucional - Espanha - Século 19
História constitucional - Espanha - Século 20
História constitucional - Portugal - Século 19
História constitucional - Portugal - Século 20
Data: 10-Jul-2014
Resumo: Em Espanha, só não foram centralistas a Constituição Republicana de 1931 e a Constituição de 1978, actualmente vigente. Em Portuga l, apenas a Constituição de 1976 consagrou Regiões Autónomas (Madeira e Açores). No entanto, apesar de as ideias centralizadoras terem predominado durante mais tempo, foram as ideias políticas descentralizadoras que marcaram mais o rumo da história constitucional espanhola e portuguesa.
Descrição: Polis : revista de estudos jurídico-políticos. - ISSN 0872-8208. - N. 18-21 (2012). - p. 5-30.
URI: http://hdl.handle.net/11067/947
ISSN: 0872-8208
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-FCHS] Polis, n. 18-21 (2012)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Polis_n18-21_1.pdf194,61 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.