Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/5558
Título: Para lá do sintoma... Intervenção em grupo para adolescentes com sintomatologia ansiosa
Outros títulos: Beyond symptom… Group intervention for adolescents with anxious symptomatology
Autor: Barros, Rita
Santos, Ana
Serra, Sofia
Ferreira, Pedro Dias
Palavras-chave: Ansiedade na adolescência
Data: 2019
Resumo: As perturbações de ansiedade têm uma elevada expressão na população adolescente. Na Consulta de Psicologia da Adolescência do Hospital de Santa Maria, a intervenção Cognitivo-Comportamental em Grupo tem-se mostrado um recurso eficaz nesta problemática. Apesar disso, a experiência desta consulta revela a necessidade de tornar os modelos de intervenção mais abrangentes e integrativos, respeitando as questões próprias desta fase de desenvolvimento e da vivência individual, para além da problemática identificada. Recorrendo ao Manual de Tratamento Coping C.A.T., pretende-se trabalhar a problemática identificada com recurso à utilização de estratégias e técnicas de outras correntes teóricas, visando o desenvolvimento de um modelo integrado. Espera-se que os adolescentes abordem questões individuais e as experienciem em grupo numa abordagem dialógica e no sentido de se re-significarem para além da sua sintomatologia. No contexto hospitalar, as intervenções psicoterapêuticas centram-se, com frequência, na sintomatologia. Aquilo que a experiência revela é que necessário olhar para além do sintoma, perspectivando metodologias de intervenção que possibilitem pensar o indivíduo como um todo e nas suas múltiplas dimensões.
Anxiety disorders are highly prevalent in adolescence. The cognitive-behavioural group therapy has demonstrated efficacy in Psychology appointments at the Hospital de Santa Maria. Nonetheless, the practice of this intervention reveals the need of a more comprehensive and integrative intervention model, addressing beyond the disorder and taking into account the specific issues of this developmental stage and the personal experience. Using the cognitive–behavioral therapy Coping Cat we intend to approach anxiety issues using the strategies and techniques of other theoretical frameworks and develop an integrated model. It is expected that this intervention will allow the adolescent to approach individual themes and experience them in group in a dialogical approach and it will allow to re-signify itself beyond its symptomatology. In the hospital setting, sychotherapeutic interventions are often centered on symptomatology. Practice shows that it is necessary to look beyond symptoms and design intervention methodologies that address the individual as a whole in its different dimensions.
Descrição: Revista de psicologia da criança e do adolescente. - ISSN 1647-4120. - V. 10, n. 2 (2019).- p.145-162
URI: http://hdl.handle.net/11067/5558
https://doi.org/10.34628/myqm-cq48
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-IPCE] RPCA, v. 10, n. 2 (2019)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
rpca_v1_n2_2019_11.pdf94,55 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Este registo está protegido por Licença Creative Commons Creative Commons