Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/5552
Título: Evaluation of the development and follow-up of the preterm baby
Outros títulos: Avaliação do desenvolvimento e seguimento do bebé pré-termo
Autor: Perrone, Rosely
Palavras-chave: Bebés prematuros - Desenvolvimento
Escalas Bayley de desenvolvimento infantil
Data: 2019
Resumo: The diagnostic and therapeutic advances in the Neonatology area have resulted in a significant decrease in the mortality rate of preterm newborns and, consequently, an increase in the morbidity of these babies. The concern with the evaluation of its evolution has become increasingly evident, requiring strategies to reduce the repercussion of possible compromises and to increase the quality of life of these children. This study aims to investigate about the main instrument for assessing the development and follow-up of preterm babies. A systematic search was conducted in the main databases, consulting articles and books that provide detail on studies, evaluations and instruments. It was found that developmental assessment and follow-up are performed through screening and developmental diagnosis tests that examine the most relevant aspects in the various age groups. Twenty-one evaluation instruments for preterm development and follow-up were identified, which can be divided into three categories: the comprehensive, the specifics and the neurological and neurobehavioral exams. Studies show that the Bayley Scales of Infant Development - Bayley III (BSID III) are the most widely used scales for assessing the preterm. It is a comprehensive assessment tool that points out the strengths and weaknesses as well as the baby’s competencies. The scales are most indicated for early identification of risk for development, elaboration of intervention projects and to provide guidance and information to parents about the evolution of the child, whose follow-up should be continuous and systematic, carried out by an interdisciplinary team.
Os avanços diagnósticos e terapêuticos na área da Neonatologia resultaram numa diminuição expressiva da taxa de mortalidade de recém-nascidos pré-termo e, consequentemente, num aumento da morbilidade desses bebés. A preocupação com a avaliação do desenvolvimento foi-se tornando cada vez mais evidente, necessitando de estratégias para reduzir a repercussão de possíveis compromissos e potencializar a qualidade de vida dessas crianças. Este trabalho tem o objetivo de investigar o principal instrumento para a avaliação do desenvolvimento e o seguimento do bebé pré-termo. Foi realizada uma pesquisa sistemática nas principais bases de dados, consulta aos artigos e aos livros que fornecem detalhes sobre estudos, avaliações e instrumentos. Verificou-se que a avaliação do desenvolvimento e o seguimento de bebés pré-termo são realizados por meio de testes de triagem e diagnóstico que examinam os aspectos mais relevantes nas diversas faixas etárias. Foram identificados 21 instrumentos que podem ser divididos em três categorias: os completos, os específicos e os exames neurológicos e de neuro comportamento. Os estudos revelam que as Bayley Scales of Infant Development - Bayley III (BSID III) são as escalas mais utilizadas para avaliar o bebé pré-termo. É um instrumento de avaliação com alcance abrangente que aponta os pontos fortes e fracos bem como as competências do bebé. São as escalas mais indicadas para a identificação precoce de risco para o desenvolvimento, elaboração de projetos interventivos e para fornecer orientações e informações aos pais sobre a evolução da criança, cujo seguimento deve ser contínuo e sistemático, realizado por uma equipa interdisciplinar.
Descrição: Revista de psicologia da criança e do adolescente. - ISSN 1647-4120. - V. 10, n. 2 (2019).- p.51-65
URI: http://hdl.handle.net/11067/5552
https://doi.org/10.34628/n76y-qj90
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-IPCE] RPCA, v. 10, n. 2 (2019)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
rpca_v1_n2_2019_05.pdf91,46 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Este registo está protegido por Licença Creative Commons Creative Commons