Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11067/5298
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCruz, Sara Figueiredo-
dc.contributor.authorCunha, Diana Isabel Guedes-
dc.date.accessioned2020-03-16T12:19:10Z-
dc.date.available2020-03-16T12:19:10Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11067/5298-
dc.descriptionExame público realizado em 24 de janeiro de 2020, às 14h30-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Psicologia Clínica-
dc.description.abstractResumo: Emergência do Estudo: As diferenças individuais podem ser compreendidas pelos valores humanos e virtudes manifestando-se em termos comportamentais. Contudo, estes têm sido estudados separadamente, não tendo em conta os efeitos de uma possível interação entre eles. Objetivo: Com o presente estudo pretendemos estudar a associação entre valores e virtudes em indivíduos com sintomatologia depressiva. Método - Participantes: Participaram neste estudo 49 indivíduos (39 do sexo feminino e 10 do sexo masculino), com idades compreendidas entre os 18 e 67 anos diagnosticados com sintomatologia depressiva. A maioria dos participantes concluíram o 1º ciclo do ensino básico, estavam desempregados e eram casados. Instrumentos: Foi implementado o Questionário Sociodemográfico, a Entrevista clínica estruturada para as perturbações do DSM-5 (SCID-5), a versão portuguesa do Inventário de Valores de Vinte Itens (IVVI) e do VIA Survey-72. Resultados: Foram encontradas correlações significativas entre as dimensões de valores e de virtudes em indivíduos com sintomatologia depressiva. No que diz respeito às diferenças entre sexos ao nível dos valores e das virtudes, os resultados não demonstraram diferenças estatisticamente significativas.pt_PT
dc.description.abstractAbstract: Study Emergence: Individual differences can be understood as human values and virtues manifesting themselves in behavioral terms. However, these have been studied separately, not taking into account the effects of a possible interaction between them. Objective: With the current study we intend to study the association between values and virtues in individuals with depressive symptoms. Method - Participants: 49 individuals participated in this study (39 females and 10 males), aged between 18 and 67 years diagnosed with depressive symptoms. Most participants completed elementary school, were unemployed and were married. Instruments: The Sociodemographic Questionnaire, the Structured Clinical Interview for DSM-5 Disorders (SCID-5), the portuguese version of the Twenty-Item Value Inventory (IVVI), and the VIA Survey-72 were implemented. Results: The results showed significant correlations between the dimensions of values and virtues in individuals with depressive symptoms. Regarding gender differences in values and virtues, the results didn’t demonstrate statistically significant differences.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsembargoedAccesspt_PT
dc.subjectPsicologiapt_PT
dc.subjectPsicologia clínicapt_PT
dc.subjectAvaliação da Personalidade - Valorespt_PT
dc.subjectAvaliação psicológica - Características sociodemográficaspt_PT
dc.subjectAvaliação psicológica - Depressãopt_PT
dc.subjectBem-estar - Aspectos psicológicospt_PT
dc.subjectTeste psicológico - Inventário de Valores de Vinte Itens (IVVI)pt_PT
dc.titleA associação entre valores e virtudes em indivíduos com sintomatologia depressivapt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
dc.identifier.tid202442209-
dc.date.embargo2022-03-16-
Appears in Collections:[ULP-IPCE] Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
Dissertação de mestrado2,18 MBAdobe PDFView/Open Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.