Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11067/3061
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAlves, Francisco Peixotopor
dc.contributor.authorGomes, Adriana Martins-
dc.date.accessioned2017-03-27T11:33:24Z-
dc.date.available2017-03-27T11:33:24Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11067/3061-
dc.descriptionMestrado Integrado em Arquitecturapor
dc.descriptionExame público realizado em 12 de Março de 2014por
dc.description.abstractSempre foi percetível e notória a dicotomia existente entre a cidade e o campo, pois cada um foi respondendo a diferentes questões e a diferentes necessidades e estilos de vida. Apesar destas áreas tão distintas terem vindo a evoluir de formas individuais, percebemos também que a sua relação é tão estreita que não sobrevivem uma sem a outra. Devido a esta discrepância de ambientes, há agora uma vontade da população citadina atual de receber alguns dos benefícios que o local onde vivem não pode oferecer, e para evitar um êxodo urbano, interessa estudar uma forma de interligar e complementar os ecossistemas para colmatar as necessidades desta sociedade. Esta interligação passa por integrar espaços de cultivo no meio citadino. Ao fazermos com que a cidade abra portas ao campo propiciamos uma melhoria dos estilos de vida, maior qualidade ambiental e uma melhoria da própria paisagem urbana. Com esta investigação pretende-se perceber qual o motivo da quebra de relações entre o campo e a cidade ao longo dos anos, e também começar a mudar o ponto de vista dos citadinos, inserindo espaços e atividades que apesar de rurais podem contribuir em muito para a melhoria dos estilos e de qualidades de vida, bem como para um melhor desenvolvimento para a própria cidade. A transformação dos modos de vida atuais urbanos em modos de vida rurbanos poderá estar na base do futuro e do desenvolvimento das cidades dos nossos dias a vários níveis.por
dc.description.abstractIt has always been noticeable and well-known thedichotomy between city and countryside, as each one answered different questions and different needs and lifestyles. Although these two distinct areas evolved individually , we realized that their relationship is so close that one cannot survive without the other. Due to this discrepancy of environments, there is now a willingness of the modern city population in receiving benefits they can’t get from the places they are living in, and to avoid an urban exodus, there is aninterest in studying a form of interconnect and complement ecosystems to meet the needs of this society. This interconnection requires the integration of growing areas in urban settings. By doing that and opening the city doors to the field, we provide an improvement of lifestyles, a greater environmental quality and a better urban landscape. This investigation aims to understand the breakdown of relations between the countryside and the city over the years. Also, it aims to start changing townspeople’s point of view by inserting spaces and activities that, in spite of being rural, can give a major contribution to the improvement of lifestyles, quality of life and the development of the city itself. The transformation of modern urban lifestyles into rurban lifestyles may be the basis of the future and the development of our cities at many levels.en
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccessen
dc.subjectArquitecturapor
dc.subjectAgricultura urbanapor
dc.subjectDesenvolvimento Sustentávelpor
dc.titleComposição urbana com espaços de cultivo : hortas urbanaspor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationVila Nova de Famalicãopor
dc.identifier.tid201788322-
Appears in Collections:[ULF-FAA] Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
386_mia_adriana_gomes_dissertacao.pdfDissertação16,51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.