Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/295
Título: A contabilidade criativa e os fatores capazes de prevenir a manipulação contabilística : análise econométrica às empresas portuguesas
Autor: Fernandes, Serafina Veiga
Orientador: Oliveira, Maria Elizabeth Faria Real de
Palavras-chave: Contabilidade
Demonstrações financeiras
Data: 17-Jul-2013
Resumo: São dois os objetivos da presente dissertação.Primeiro, define-se o âmbito do conceito de contabilidade criativa e seu impacto nas demostrações financeiras e na tomada de decisões por parte dos seus utilizadores. A contabilidade criativa verifica-se quando existe o aproveitamento da flexibilidade existente nas normas contabilísticas, para apresentar demostrações financeiras que retratem uma imagem desejada e não a real da empresa. A consequência da contabilidade criativa é a manipulação dos resultados. O segundo objetivo é verificar quais os fatores susceptíveis de manipulação dos resultados, com base numa amostra constituída por 264 empresas portuguesas, das quais 25 empresas são do CAE 11 - Indústria de Bebidas, 120 empresas do CAE 13 - Fabricação Têxtil e 119 empresas do CAE 14 - Indústrias de Vestuário, nos anos de 2007 a 2009. Para a prossecução deste objetivo, foram estimados e analisados alguns modelos: o modelo de Jones, o modelo de Jones alterado e, dois modelos ensaiados, com novas variáveis, ativo total e existências, que se pensa serem explicativas. Dos quatro modelos testados as variáveis significativas, para a manipulação dos resultados, são: variação dos proveitos (Δ PROV), imobilizado corpóreo (IC), variação dos proveitos menos variação dos recebimentos líquidos (Δ PROV – Δ REC), ativo total (ATOTAL) e variação das existências (Δ EXIST). No entanto este resultado não é confirmado ao longo de todos os anos da amostra. Apenas duas variáveis variação dos proveitos (Δ PROV), ativo total (ATOTAL), revelam-se estatisticamente significativas nos 4 anos da amostra.
There are two goals of this dissertation. The main objective of this dissertation is to define the scope of the concept of Creative Accounting and its impact on the financial demonstrations and on the decision making by its users. There is Creative accounting when one takes advantage of the flexibility in accounting standards to make financial demonstrations that portray a desired image rather than a real one.The consequence of creative accounting is the manipulation of the results. The second objective is the verification of what are the variables most commonly used to manipulate the results through a sample of 264 Portuguese companies, of which 25 companies are from CAE 11 - Beverage Industry, 120 companies of the Cae 13 - Manufacture of Textiles and 119 companies CAE 14 - Apparel Industry in the years 2007 to 2009. To achieve this goal, some models were estimated and analyzed: the Jones model, the Jones model Amended and two new models with the explanatory variables total assets and change in inventories. Of the four models tested the significant variables for manipulation of the results are: variation in income (Δ PROV), tangible assets (IC), variation in income less variation of net receipts (Δ PROV – Δ REC), total assets (ATOTAL) and changes in inventories (Δ EXIST). However this result is not confirmed during all years from the sample. Only two variables change in income (Δ PROV), total assets (ATOTAL) show a statistically significant sample in four years.
Descrição: Mestrado em Gestão
Exame Público realizado em 18 de Fevereiro de 2013
URI: http://hdl.handle.net/11067/295
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULF-FCEE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mg_serafina_fernandes_dissertacao.pdfDissertação1,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.