Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2882
Título: Política externa portuguesa : bilateralismo e multilateralismo
Autor: Pontes, João Nuno Marques de Oliveira
Orientador: Monteiro, Manuel Fernando da Silva
Palavras-chave: Relações Internacionais
Política externa portuguesa
Teoria das relações internacionais
Bilateralismo
Multilateralismo
Diplomacia
História
Portugal
Data: 6-Mar-2017
Resumo: A presente dissertação encontra-se subordinada ao tema «Política Externa Portuguesa: Bilateralismo e Multilateralismo». O objectivo da nossa investigação pressupõe verificar a continuidade do bilateralismo enquanto eixo fundamental complementar do multilateralismo na Política Externa portuguesa. Para o efeito, procura-se esclarecer quais os princípios históricos orientadores da Política Externa portuguesa no Sistema Internacional, além de se pretender apurar o entendimento de Portugal face ao multilateralismo e a forma como a mudança de regime político alterou o seu posicionamento em relação a este. Procedemos a uma análise ao impacto da União Europeia sobre a acção externa de Portugal, assim como tratamos de observar a manutenção das tradicionais formas de bilateralismo, assim como de novas configurações. O nosso trabalho permitiu-nos concluir que o bilateralismo na Política Externa portuguesa se mantém como uma realidade que opera em paralelo com a acção multilateral, além de que existem novas formas de relacionamento bilateral e multilateral.
This thesis we now presente is entitled: «Política Externa Portuguesa: Bilateralismo e Multilateralismo». The objective of our research involves checking the continuity of bilateralism as a fundamental axis in complement of multilateralism in Portuguese Foreign Policy. To this end, we seek to clarify the guiding historical principles of Portuguese Foreign Policy in the International System, moreover understanding Portugal’s position regarding to multilateralism and how the change of political regime has altered its perceptions towards it. Hence, we examine the impact of the European Union on the external action of Portugal, as we try to observe the preservation of traditional forms of bilateralism, as well as new settings. Our work allowed us to conclude that bilateralism in Portuguese Foreign Policy remains a reality that works in parallel with the multilateral actions, and that there are new forms of bilateral and multilateral relations.
Descrição: Exame público realizado em 20 de Fevereiro de 2017, às 14H00.
Dissertação de Mestrado em Relações Internacionais.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2882
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FD] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado.pdf2,82 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.