Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2660
Título: As relações Portugal-Brasil : política externa e emigração : (1834-1851)
Autor: Amorim, Paulo Jorge Ribeiro de Azevedo
Orientador: Sousa, Fernando Alberto Pereira de
Mendes, Pedro Emanuel
Palavras-chave: Relações Internacionais
Emigração
Portugal - Brasil
História de Portugal
Migração internacional
Data: 13-Jan-2017
Resumo: Este trabalho tem como objeto de estudo a análise da importância da emigração portuguesa nas políticas externas de Portugal e do Brasil, bem como das suas subjacentes condicionantes políticas e sociais, desde 1834 a 1851, à luz dos principais conceitos e debates teóricos das Relações Internacionais, em particular da dicotomia entre o interno e o externo no condicionamento da política externa dos Estados. É neste quadro que procuraremos responder à nossa questão de partida: “Qual a importância da emigração portuguesa para o Brasil nas relações luso-brasileiras, entre 1834 e 1851?”. É, assim, no contexto do debate sobre a dicotomia interno/externo no condicionamento da política externa, que se situa a problemática desta dissertação, procurando confirmar a hipótese de que os e/imigrantes portugueses constituíram uma variável influente quer na ordem interna quer na ordem externa dos dois Estados em análise, ao introduziram interesses externos no plano doméstico português e brasileiro, durante o século XIX, elevando a questão da e/imigração para o plano internacional.
This work has as its object of study the analysis of the importance of Portuguese emigration in the foreign policy of the two countries - Portugal and Brazil –, as well as the associated conditions and dynamics, since 1834 to 1851. All this in the light of the main concepts and theoretical debates of International Relations, in particular the dichotomy between internal and external factors in the conditioning of foreign policies, which helps framing and explaining our problem, as we try to answer our initial question: "How important was Portuguese emigration to Brazil for the relations between both countries, from 1834 to 1851?". Therefore, it is within the traditional debate in International Relations on the internal/external dichotomy in the conditioning of foreign policies that the issue of this dissertation rests, as we attempt to confirm the hypothesis that Portuguese emigrants/immigrants constituted an influential variable on both the domestic and foreign levels of the two States at hand, by introducing foreign interests to the domestic ground, in Portugal as in Brazil, during the 19th century, raising the issue of migrations to the international level.
Descrição: Exame público realizado em 14 de Julho de 2016, às 16h00.
Tese de Doutoramento em Relações Internacionais.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2660
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FD] Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Doutoramento.pdfTese de doutoramento3,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.