Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2626
Título: Avaliação psicológica do Serviço de Pediatria do Hospital de São Francisco Xavier : perturbação de hiperatividade com défice de atenção
Autor: Machado, Ana Rita Pinto, 1991-
Orientador: Bastos, Sílvia Faria de, 1973-
Cabrita, Túlia Rute Maia, 1972-
Palavras-chave: Centro Hospitalar de Lisboa Norte Serviço de Pediatria - Ensino e estudo (Estágio)
Distúrbio de Hiperactividade com Défice de Atenção
Psicologia clínica - Prática profissional
Data: 9-Jan-2017
Resumo: Este relatório foi realizado no âmbito do mestrado em psicologia clínica pela Universidade Lusíada de Lisboa, representando todo o trabalho teórico-prático desenvolvido enquanto estagiária em psicologia clínica na consulta de psicologia e avaliação psicológica do serviço de pediatria do Hospital São Francisco Xavier. O estágio teve como objetivos: Integração na equipa multidisciplinar do serviço de consulta externa da pediatria do Hospital São Francisco Xavier; Observação de consultas de desenvolvimento; Observação de avaliações psicológicas; Realização autónoma de avaliações psicológicas, contemplando escolha, aplicação e cotação de provas, com respetiva redação dos relatórios psicológicos; e a Realização de 2 acompanhamentos psicológicos (avaliação psicológica). A consulta de avaliação psicológica consagra-se a crianças e adolescentes dos 0 aos 18 anos, do género masculino e feminino, de diferentes classes sociais oriundas dos concelhos da área que o hospital abrange. A avaliação psicológica tem como objetivo avaliar, recolher e integrar informações sobre o indivíduo, em contextos diferentes, através da utilização de diferentes métodos. Ainda, tem como objetivo identificar os aspetos patológicos do indivíduo, mas também, em confirmar o que tem de melhor, de forma a viabilizar os seus potenciais e as suas possibilidades. Desta forma, a avaliação psicológica é muito importante para que o desenvolvimento de uma criança seja adequado, e mesmo que esta apresente dificuldades ou atrasos de desenvolvimento, a avaliação é essencial para que todos os seus contextos sejam adaptados à criança e às suas limitações, assim, como, para que esta seja compreendida. Os estudos de casos focaram-se na perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção (PHDA), sendo esta uma perturbação neurocomportamental, com elevada prevalência, que se manifesta na infância e com tendência a persistir ao longo do desenvolvimento da criança, embora os sintomas possam-se modificar ou atenuar com o tempo. De um modo geral, a escolha dos casos foi feita com base numa possível comparação de resultados de avaliações em que os seus motivos de consulta eram referentes a uma possível PHDA ou irrequietude.
Descrição: Relatório de estágio realizado no âmbito do mestrado em Psicologia Clínica, Universidade Lusíada de Lisboa, 2016
Exame público realizado em 22 de Novembro de 2016
Por razões éticas e deontológicas, o documento apenas se encontra disponível parcialmente.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2626
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mpc_ana_machado_dissertacao.pdfDissertação1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.