Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2189
Título: Os centros novas oportunidades e a psicologia da educação : um encontro no reconhecimento de competências
Autor: Fonseca, Diana Teresa Araújo
Orientador: Oliveira, Joana Serra de
Ferreira, César
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia da Educação
Formação de adultos
Formação profissional
Aprendizagem na idade adulta
Novas oportunidades
Educação de adultos
Porto
Data: 18-Abr-2016
Resumo: A partir da década de 60, a área de Educação e Formação de Adultos fica marcada pela introdução do conceito de Andragogia no campo da aprendizagem dos adultos. Este vocábulo foi utilizado pela primeira vez por Malcolm Knowles, que pretendia promover a “arte e a ciência” (...) da aprendizagem dos adultos (Knowles, 1996, cit. Por. Januário, 2006), concedendo-lhe uma identidade e especificidade próprias. A formação de adultos surge como uma modalidade estratégica destinada a maiores de 18 anos, que actualmente engloba diversas ofertas educativas e formativas, que permitem a este público dar continuidade ao seu processo de aprendizagem. Caracterizada pela importância que atribui às experiências de vida de que cada um é portador, a Formação de Adultos procura preservar as “qualidades humanas da pessoa, respeito pela sua liberdade pessoal e o direito de escolha, valorizando a sua experiência subjectiva” (Januário, 2006, p.36). Em Portugal, os saberes adquiridos fora dos contextos formais têm vindo a ser cada vez mais valorizados, dado constituírem-se como conhecimentos que habitualmente não são abrangidos pelos currículos formais, e por permitirem aos adultos acompanharem a evolução da sociedade. Uma prática de Educação e Formação de Adultos que actualmente une os contextos informais e não formais de aprendizagem, e que atribui à experiência de cada indivíduo um lugar de destaque, é o Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências. Este processo não se encontra condicionado por variáveis como o tempo e a rigidez (algo que sucede no modelo escolar), o que não significa que não possua uma planificação e sistematização do trabalho desenvolvido. (Diana T. A. Fonseca)
Descrição: Exame público realizado em 12 de Junho de 2012.
Relatório de estágio realizado no âmbito do Mestrado em Psicologia da Educação.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2189
Tipo de Documento: Relatório
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Relatórios

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de estágio .pdf
  Restricted Access
2,24 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.