Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2076
Título: Bem-estar subjectivo em crianças e adolescentes com deficiência auditiva
Autor: Macedo, Ana Cristina Ferreira
Orientador: Moreira, Paulo Alexandre Soares
Palavras-chave: Educação Especial
Necessidades Educativas Especiais
Deficiência auditiva
Crianças
Adolescentes
Vida cognitiva
Teste Psicológico
Escala breve de satisfação com a vida (EBVS)
Escala de satisfação com o suporte social (ESSS)
Escala de Tonalidade Emocional
Escala Breve de Qualidade de Vida (KIDSCREN 10)
Psicologia
Data: 13-Dez-2012
Resumo: Resumo: O estudo do bem-estar subjetivo (BES) revela-se de extrema importância, pois o conhecimento dos mecanismos que sustentam ou determinam o bem-estar dos indivíduos e comunidades é essencial para potenciar os seus níveis de BES. A compreensão do BES em alunos com necessidades educativas especiais (NEE) é ainda escassa. Este estudo teve como objetivo avaliar a perceção de bem-estar subjetivo, numa perspetiva compósita, cm crianças e adolescentes portadores de deficiência auditiva (DA). Participaram no estudo um total de 426 alunos que frequentavam escolas do 1°,2° e 3° Ciclo do Ensino Básico e Escolas Secundárias da região norte do país. Destes alunos, 71 eram portadores de DA e 355 não possuíam NEE. Os distintos indicadores do BES foram avaliados através de quatro escalas de autorrelato: Escala Breve de Satisfação com a Vida; Escala de Satisfação com o Suporte Social; Escala de Tonalidade Emocional e Escala Breve de Qualidade de Vida (KIDSCREN 10). Os resultados revelam que os alunos com DA e sem DA diferenciam-se na perceção de BES. Os alunos com DA registam níveis inferiores de bem-estar subjetivo total, de satisfação com a vida, de qualidade de vida e de tonalidade emocional. Pelo contrário, registam níveis mais elevados de satisfação com o suporte social. Estes resultados têm implicações para a promoção de BES em crianças e adolescentes com deficiência auditiva.
Abstract: The subjective well - being (SWB) study reveais itself as extrernely irnportant, because knowledge of the mechanisrns that underlie or determine individuals and communities welfare is essential to boost their levels of SWB. The understanding of subjective well-being in students with special educational needs is still searce. This study aimed to evaluate the SWB perception, a composite perspective in children and adolescents with hearing impairment. The study involved a total of 426 students attending the 1st, 2nd and 3rd cycles of primary schools and secondary schools in the north of the country. Of these students, 71 were bearing impairment and 355 did not have special educational needs. The different indicators of SWB were assessed using four self-report scales: Brief Life Satisfaction Scale; Social Support Satisfaction Scale; Emotional Tone Scale and Brief Quality of Life Scale (KIDSCREN 10). The results show that students with and without hearing impairment differ in SWB perception. Students with hearing irnpairment record lower levels of total subjective well-being, life satisfaction, quality of life and emotional tone. By contrast, experience much higher levels of satisfaction with social support. These results have implications for the promotion of subjective well-being in children and adolescents with hearing impairment.
Descrição: Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Educação Especial.
Exame público realizado em 13 de Dezembro de 2012
URI: http://hdl.handle.net/11067/2076
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdf
  Restricted Access
3 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.