Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1961
Título: Musicoterapia e as dinâmicas afetivas/relacionais em setting educativo
Autor: Campos, Maria Benedita Sousa Pereira de, 1975-
Palavras-chave: Educação especial - Portugal
Musicoterapia - Prática profissional
Colégio Eduardo Claparède (Lisboa, Portugal) - Ensino e estudo (Estágio)
Data: 25-Fev-2016
Resumo: O ensino especial é uma das vertentes da área da educação que visa a integração das crianças e jovens, que por questões várias têm dificuldade em adaptar-se ao ensino regular. Por estar previsto que todas as crianças e jovens devem ter acesso ao ensino, mesmo quando estas têm problemas na área da deficiência mental, do desenvolvimento global ou até mesmo perturbações emocionais e de comportamento, num grau que as impede de frequentar o ensino regular, por incapacidade de integração. Estas têm a hipótese de frequentar instituições de ensino especial como é o caso do Colégio Eduardo Claparède. Este relatório pretende ilustrar a intervenção realizada no âmbito do estágio do mestrado em musicoterapia, com uma população com perturbação global do desenvolvimento e perturbação emocional e de comportamento inseridas no contexto educativo. Ao estabelecer contacto com a instituição e a população que esta acompanha, Consultou-se a literatura disponível, de forma a compreender as problemáticas diagnosticadas, a importância do processo de vinculação para os aspetos emocionais e relacionais, e qual o contributo da musicoterapia nestas dinâmicas dentro de um contexto educativo. Crentes que a musicoterapia pode ser uma mais-valia, uma vez que as várias componentes da música podem ser facilitadoras da gestão das emoções, e das relações, em todos os casos acompanhados partiu-se da estrutura existente nas canções mais significativas para as crianças e dos ritmos e melodias por eles improvisados. Esta prática teve como objetivo de estabelecer uma relação terapêutica onde o terapeuta teve oportunidade de promover na criança a melhoraria da sua capacidade de se relacionar com os outros, controlar os seus impulsos, bem como de expressar as suas emoções e sentimentos.
Descrição: Relatório de estágio realizado no âmbito do mestrado em Musicoterapia, Universidade Lusíada de Lisboa, 2015
Exame público realizado em 19 de Fevereiro de 2016
URI: http://hdl.handle.net/11067/1961
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mmt_maria_campos_dissertacao.pdfDissertação946,09 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.