Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1254
Título: O regresso à Europa : Europeização de Portugal e a distribuição geográfica do seu comércio externo "1945 a 1985"
Autor: Menezes, António Abílio Faria Queiroz e
Orientador: Sousa, Fernando Alberto Pereira de
Soares, Maria Isabel Rebelo Teixeira
Palavras-chave: Comércio Externo
Economia Portuguesa
Economia Europeia
Relações Económicas Internacionais
Desenvolvimento
Economia Política Internacional
Sistemas Complexos
Data: 12-Nov-2014
Resumo: No início do Século XV, espartilhado pelas fronteiras políticas e geográficas, que o separavam da Europa e desejoso de continuar o movimento de expansão iniciado com a reconquista e a obtenção e o assegurar da independência, Portugal procurou na exploração marítima e nas terras de ultramar, o escape para a frustração sentida, especialmente pelas elites nobres e religiosas. De caminho empreendeu uma empresa comercial, religiosa e de supremacia mundial que durou mais de cem anos. Tal escolha afastou-o de uma participação mais activa, com algumas excepções, nos “negócios” do continente a que geograficamente pertencia. Este afastamento conduziu, mesmo depois de perder a supremacia mundial, a um “caminho de dependência” que o manteve ligado aos territórios que entretanto tinha adquirido, “voltando” apenas esporadicamente à Europa quando as crises desta o ameaçavam ou o seu prestígio estava em perigo. No Século XX, especialmente depois da II Guerra Mundial, tudo mudou. As transformações globais que o período de pós guerra trouxe aos panoramas politico e económico mundiais, foram de tal maneira profundas que, mesmo limitado por um regime nacionalista, Portugal teve de ceder e regressar a uma partilha mais íntima com os destinos da Europa. Este trabalho de investigação pretende, partindo da descrição das razões e factos do afastamento, analisar o regresso de Portugal à Europa ligando-o às alterações estruturais da geografia do seu comércio externo a partir de 1945, que serão usadas como prova desse regresso. O Autor aproveita o tema do trabalho para introduzir na discussão destas questões duas formas recentes de analisar as relações económicas internacionais, por um lado, e o estudo da realidade complexa e não linear que vivemos, por outro. Para isso faz uma análise, e procura aplicá-las, da Economia Politica Internacional e da Teoria dos Sistemas Complexos Adaptativos.
Descrição: Tese de doutoramento realizada no âmbito do Doutoramento em Direito.
Exame público realizado em 23 de Abril de 2013.
URI: http://hdl.handle.net/11067/1254
Tipo de Documento: Tese de Doutoramento
Aparece nas colecções:[ULP-FD] Teses

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese de Doutoramento.pdfTese9,35 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.