Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/952
Título: O voto dos portugueses residentes no estrangeiro no actual ordenamento jurídico jurídico português
Autor: Costa, Laura Teimão Lopes, 1975-
Palavras-chave: Voto por correspondência - Portugal
Eleições - Portugal
Participação política - Portugal
Data: 10-Jul-2014
Resumo: O presente trabalho pretende analisar o quadro legal actual do direito de voto dos portugueses residentes no estrangeiro como forma de exercício de um direito fundamental de participação política, tendo presente duas premissas: o direito de sufrágio, direito pessoal e universal, e o princípio da igualdade de tratamento dos portugueses residentes fora do território nacional. De forma a conhecer as raízes desta matéria, cumpre fazer uma breve resenha histórica do exercício do direito de voto nos vários textos constitucionais, desde o primeiro até à actual Constituição, e respectivas leis eleitorais, onde se conclui que só a partir de 1945 deixa de haver referência expressa ao requisito da residência ou domicílio em território nacional para efeitos de exercício do direito de sufrágio. Sobre a Constituição de 1976 e as leis eleitorais que a desenvolvem nesta matéria nos detemos em seguida, expondo as regras relativas à capacidade eleitoral activa e ao direito de sufrágio nas eleições presidenciais, legislativas, para o Parlamento Europeu e para as eleições locais e regionais, bem como para o referendo. Merecedoras de maior reflexão são as questões relacionadas com a plurinacionalidade, com o recenseamento eleitoral, com conceito de "laços de efectiva ligação à comunidade nacional" presente nas normas relativas à eleição para o Presidente da República, que urge explorar, e a avaliação da exigência de pessoalidade do voto, a nosso ver, dificilmente compatível com os casos em que se admite o voto por correspondência. São ainda objecto de estudo o regime do referendo nacional e a problemática do seu alargamento, sem reservas, a todos os portugueses - residentes dentro ou fora do território nacional - e de várias considerações o universo eleitoral das Assembleias Legislativas das Regiões Autónomas.
Descrição: Polis : revista de estudos jurídico-políticos. - ISSN 0872-8208. - N. 18-21 (2012). - p. 115-225.
URI: http://hdl.handle.net/11067/952
ISSN: 0872-8208
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-FCHS] Polis, n. 18-21 (2012)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Polis_n18-21_6.pdf460 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.