Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/642
Título: A natureza na cidade : uma perspectiva para a sua integração no tecido urbano
Autor: Fadigas, Leonel de Sousa, 1947-
Data: 1996
Resumo: Dissertação de Doutoramento em Planeamento Urbanístico do Arquitecto paisagista Prof. Leonel de Sousa Fadigas Os espaços abertos, a fauna, a flora e as periferias rurais constituem, por si, para além de suporte de actividade biológica diversificada, uma realidade urbana essencial para a criação de sistemas ambientais equilibrados e para a gestão racional dos recursos. Sendo, por isso, factores determinantes da qualidade ambiental exigida para a vida nas cidades e, como tal, elementos estruturantes do sistema global de espaços verdes urbanos e periurbanos. O alargamento do conceito de jardim e parque urbanos, explica o desenvolvimento dos conceitos e critérios que, a partir da revolução industrial, determinaram concepções e modelos de organização urbana onde a natureza veio assumindo importância crescente como elemento de composição urbanística e valor cultural. Pretende-se, assim, articular a componente teórica da sua abordagem com a formulação de propostas práticas de aplicação, preocupação sempre útil numa perspectiva de investigação aplicada, funcionando esta aplicação como aferição da justeza das opiniões expressas e como contributo para uma intervenção profissional alargada de qualificação urbana e ambiental. Ao abordar as relações entre o espaço natural e o espaço construído, tipologias, usos e funções dos espaços verdes, numa perspectiva onde urbanismo e antropologia cultural e a sociologia se entrelaçam o autor fundamentou uma metodologia de integração da natureza na cidade, com solidez e uma fluida narrativa das ideias e das propostas. A dissertação organiza-se ao longo de doze capítulos dedicados ao estudo do processo de urbanização (cap. I), dos conceitos ligados aos espaços livres e espaços abertos (cap. II), aos valores naturais e às suas relações com a qualidade do ambiente urbano (cap. III e cap. IV), a cidade e a sua envolvente rural (cap. V), fauna e flora em ambiente urbano (cap. VI), os espaços verdes na cidade (cap. VII), e os espaços verdes e o urbanismo (cap. VIII), os espaços verdes urbanos da utopia à realidade (cap. IX), a caracterização tipológica dos espaços verdes (cap. X), concluindo pela definição de uma estratégia (cap. XI), e pela apresentação dos casos concretos (cap. XII). As cidades são territórios emblemáticos e míticos onde a presença da natureza tem, para além da vertente ecológica, um valor simbólico que as liga a um espaço, uma memória e uma cultura. Uma cultura urbana emergente não pode deixar de conflituar com os modelos dominantes de planeamento urbano enquanto matrizes de reprodução de modelos funcionais e de dissertação em causa, de que as cidades são espaços de liberdade. Neste sentido se enquadram as explicitações concretas de aplicação, todas elas correspondendo a intervenções urbanísticas de responsabilidade directa, ou em regime de colaboração, do autor, ao longo de um período longo de actividade, com início em 1977, e que se prolonga até ao presente. Resumo : Os problemas ambientais constituem um referencial importante para a definição das estratégias de planeamento e de gestão das cidades porque cada vez mais as cidades são entendidas como ecossistemas específicos e forma dominante de habitat humano. Razão para que se não limite aos aspectos funcionais e de composição urbanística a atenção a dar à forma urbana, á organização do território que a suporta e às relações que se estabelecem com as suas envolventes.
Descrição: Lusíada : revista de ciência e cultura. Série de arquitectura. - ISSN 0872-6256. - N.º 2 (Junho 1996). - p. 306-321.
URI: http://hdl.handle.net/11067/642
ISSN: 0872-6256
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] LRCCA, n. 2 (Junho 1996)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
lrcca_2_1996_11.pdf39,02 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.