Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11067/6047
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendes, João Fernando de Sousa, 1964--
dc.contributor.authorFernandes, Adelisa Andrade, 1984--
dc.date.accessioned2021-11-24T20:34:36Z-
dc.date.available2021-11-24T20:34:36Z-
dc.date.issued2021-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11067/6047-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos e Análise Organizacional, Universidade Lusíada, 2021pt_PT
dc.descriptionExame público realizado em 22 de Novembro de 2021pt_PT
dc.description.abstractNo decurso desta investigação procuramos compreender de que forma é feito o recrutamento de pessoas no século XXI, com particular incidência na utilização das redes sociais. A primeira parte do trabalho é dedicado à revisão de literatura, onde apresentamos noções de recrutamento, tipos de recrutamento e técnicas de recrutamento, bem como a relação entre as redes sociais e o processo de recrutamento. Na segunda parte apresentamos o trabalho de campo efetuado, que foi baseado nas informações obtidas por meio de oito entrevistas semiestruturadas realizadas a gestores de recursos humanos, que nas organizações onde trabalham, são responsáveis pelo recrutamento de pessoas. A investigação permitiu concluir que se trata de um procedimento ainda recente e que em alguns casos ainda precisa ser melhorado e que não é utilizado em substituição dos métodos mais tradicionais, mas como um meio complementar. Verificamos que em muitas empresas o recrutamento é realizado exclusivamente online e que já nem aceitam a entrega de currículos em papel (Eg. CUF). Os candidatos que recorrem às redes sociais para encontrar um novo emprego são na sua maioria jovens, de ambos os géneros e com todo o tipo de formação, embora se registe um crescendo de pessoas com mais habilitações e experiência profissional.pt_PT
dc.description.abstractDuring this investigation, we sought to understand how people are recruited in the 21st century, with a particular focus on the use of social networks. The first part of the work is dedicated to the literature review, where we present notions of recruitment, types of recruitment and recruitment techniques, as well as the relationship between social networks and the recruitment process. In the second part, we present the field work carried out, which was based on information obtained through eight semi-structured interviews conducted with human resources managers, who in the organizations where they work are responsible for recruiting people. The investigation allowed us to conclude that this is still a recent procedure and that in some cases it still needs to be improved and that it is not used as a substitute for more traditional methods, but as a complementary means. We found that in many companies’ recruitment is carried out exclusively online and that they no longer even accept the delivery of paper resumes (Eg CUF). Candidates who use social networks to find a new job are mostly young, of both genders and with all types of training, although there is a growing number of people with more qualifications and professional experience.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/pt_PT
dc.subjectEmpregados - Recrutamentopt_PT
dc.subjectRedes sociais na Internetpt_PT
dc.subjectGestão de pessoalpt_PT
dc.titleGestão de recursos humanos na era digital : recrutamento de pessoas via redes sociaispt_PT
dc.typemasterThesispt_PT
Appears in Collections:[ULL-FCEE] Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mgrhao_adelisa_fernandes_dissertacao.pdfDissertação700,32 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons