Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/474
Título: A reinterpretação de monumentalidade por Louis Kahn, e como Hestnes Ferreira foi influenciado
Autor: Saraiva, Alexandra Maria Barros Alves Chaves da Silva Vidal
Palavras-chave: Kahn, Louis Isadore, 1901-1974 - Crítica e interpretação
Ferreira, Raúl Hestnes, 1931- - Crítica e interpretação
Arquitectura - Composição, proporção, etc.
Data: 2013
Resumo: O conceito monumentalidade foi introduzido no léxico da arquitectura moderna, em parte pelo texto/manifesto Nine Points on Monumentality da autoria de S. Giedion, J.L. Sert e Fernand Lèger, de 1944. Posteriormente Louis Kahn foi ampliando este conceito e a introduzindo uma nova leitura, ao mesmo tempo que reflectia na sua arquitectura a sua interpretação. Em 1944 sob o título Monumentality, publica este artigo na revista New Architecture and City Planning. Reinterpretar a monumentalidade passa por encontrar pontos de análise comuns entre abordagens e obras, bem como entre diferentes autores e épocas. Assim o objectivo é reinterpretar o conceito monumentalidade, tendo por hipóteses o trabalho produzido por Louis Kahn e a sua comparação com a obra de Hestnes Ferreira. (Alexandra Maria Barros Alves Chaves Silva Vidal Saraiva)
Descrição: Revista arquitectura Lusíada. - ISSN 1647-9009. - N. 4 (1.º semestre 2013). - p. 191-197.
URI: http://hdl.handle.net/11067/474
ISSN: 1647-9009
Tipo de Documento: Artigo
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] RAL, n. 4 (1.º semestre 2013)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ral_4_15.pdfTexto integral5,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.