Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11067/4665
Title: Olhos que pensam (desenham) e olhos que sentem (fruem)
Author: Costa, Sara Filipa Santos, 1995-
Advisor: Manoel, Bernardo de Orey, 1969-
Keywords: Arquitectura e história
Arquitectura de museus
Jüdisches Museum Berlin (Alemanha) - Edifícios
Libeskind, Daniel, 1946- - Crítica e interpretação
Libeskind, Daniel, 1946- - Projectos e plantas
Berlim (Alemanha) - Edifícios, estruturas, etc.
Issue Date: 2019
Abstract: A presente dissertação teve origem, primeiramente, no meu interesse pelo Holocausto que ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial. Desde os meus dez anos, com a apresentação do tema através da história de Anne Frank, que me surgem questões intrigantes sobre a existência e responsabilidade de cada Ser Humano. Com o passar dos anos novas questões se puseram, agora no campo da Arquitetura, sobre o seu real propósito. Assim, unindo-se o interesse sobre tal período histórico à extrema necessidade da existência de um sentido na Arquitetura, considerou-se pertinente perceber se e como pode a Arquitetura narrar - sem boca para falar, olhos para mostrar a sua alma, mãos e pés para se mover – uma história, instruindo a população que visita. Como tal, pretende-se dissecar o processo arquitetónico, desde a fase anterior à sua criação, à fase de criação, tal como a fase posterior à construção; destacando, particularmente o papel de espaços públicos, nomeadamente museus, que têm a função se ensinar a população sobre o passado. Pretende-se, portanto, compreender a contribuição da Arquitetura para contar uma história, para fazer parte da história, para ficar para a História. Destaca-se igualmente o papel do arquiteto na Vida Humana para a construção do Mundo que influencia os indivíduos que nele vivem e que, simultaneamente é influenciado por eles. Espera-se que, ao conhecer o funcionamento do Corpo Humano, posteriormente a sua relação com a envolvente que o leva a comportar-se de determinado modo, levando-o a construir de um determinado modo, se possa compreender como tais construções são capazes de manter a memória presente, reduzindo a possibilidade de algo tão trágico como o Holocausto Judeu voltar a acontecer. Pretende-se, portanto, justificar o potencial catártico da Arquitetura.
The present dissertation was instigated, first of all, in my interest in the Holocaust that occurred during World War II. Since I was ten years old, with the (history of Anne Frank) presentation of the theme through the history of Anne Frank, I (started to have questions) “get intriguing” questions about the existence and responsibility of each Human Being. Over the years, new questions have arisen, now in the field of Architecture, about its real purpose. Thus, joining the interest in such a historical period to the extreme necessity of the existence of a meaning in Architecture, it was considered pertinent to see if and how Architecture can narrate – without (with no) mouth to speak, eyes to show their soul, hands and feet to move - a story, instructing the visiting population. For this, it is intended to dissect the architectural process, from the pre-creation phase, to the creation phase, just like the post-construction phase; highlighting, in particular, the role of public spaces, namely museums, whose function is to teach the population about the past. It is intended, therefore, to understand the contribution of Architecture to tell a story, to be part of history, to stay for History. Equally important is the role of the architect in human life for the construction of the world that influences the individuals who live in it and who are simultaneously influenced by them. It is hoped that, by knowing the functioning of the Human Body, later on its relation with the surroundings that causes it to behave in a certain way, leading it to build in a certain way; one can understand how such constructions are able to keep the memory present, reducing the possibility of something as tragic as the Jewish Holocaust to happen again. It is therefore intended to justify the cathartic potential of Architecture.
Description: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2019
Exame público realizado em 25 de Julho de 2019
URI: http://hdl.handle.net/11067/4665
Document Type: Master Thesis
Appears in Collections:[ULL-FAA] Dissertações

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
mia_sara_costa_dissertacao.pdfDissertação19,99 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons