Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11067/4445
Title: O processo de formação inicial para a integração do agente recém-formado : estudo de caso do programa field training officer
Author: Saraiva, Nuno Miguel Santos
Advisor: Mendes, João Fernando de Sousa, 1964-
Keywords: Polícia - Formação - Portugal
Issue Date: 2018
Abstract: Existe um crescente desafio para a área de recursos humanos no que concerne à satisfação, por parte das organizações, das exigências internas e externas que são cada vez maiores. Nesse sentido, a formação profissional deve promover a integração de um novo trabalhador desde o momento em que este inicia as suas funções na organização, uma vez que este primeiro impacto é um momento crítico que irá definir o resto da sua carreira profissional. A Polícia de Segurança Pública (PSP), sendo uma instituição que forma os seus ativos, não se pode olvidar deste momento de integração inicial, uma vez que os padrões de atuação policial são cada vez mais escrutinados por entidades externas e pela própria sociedade. Ser polícia hoje é corresponder a um grau de exigência superior e, como tal, deve existir um processo de formação rigoroso e devidamente estruturado. As instituições de ensino policial devem saber determinar quais os melhores métodos de formação profissional e conhecer os diferentes processos de aprendizagem do adulto para poderem assim projetar as suas diretivas estratégicas desde o topo até à base da hierarquia. O presente trabalho de investigação resulta de uma análise da atual formação policial ao nível da Escola Prática de Polícia (EPP), através de entrevistas a Oficiais da PSP que têm um conhecimento profundo sobre a estrutura do Curso de Formação de Agentes (CFA) e de um estudo de caso de um programa de tutoria, designado por Field Training Officer (FTO), com entrevistas a responsáveis pela formação de diferentes departamentos policiais, no estado americano do Arizona, sobre a importância do programa na integração dos novos agentes. Conclui-se que existem melhorias a realizar no processo de integração dos novos agentes da PSP, sendo a opinião geral que um programa devidamente estruturado de tutoria, à semelhança do FTO, seria uma mais-valia no seu processo de formação profissional.
There’s a growing challenge within human resources in relation to the increasing internal and external demands upon organizations. Accordingly, professional development must promote the integration of new workers from the moment they begin their role in an organization, as this first impression is critical and will define the rest of their professional careers. The Public Security Police, being an institution that develops its assets, cannot neglect an officer’s early integration because the patterns of police actions are increasingly scanned by external entities as well as by society itself. A police officer today needs to meet high standards and, due to this, there must be a demanding and properly structured training process. Police schools should be able to determine the best methods of professional development and keep up with the different adult learning processes, so that they are able to project their strategic policies from the top to the bottom of the hierarchy. This paper is the result of an analysis of the current police training at the Police Practice School through interviews with high-ranking police officers of Public Security Police who have a deep knowledge of the structure of the Agent Training Class. It also includes a case study of a mentoring program, called Field Training Officer, with interviews with FTOs from different police departments in the American state of Arizona about the importance of the program in the integration of new agents. It is concluded that there are improvements to be made in the process of integrating the new agents of the Public Security Police, with the general opinion that a properly structured mentoring program, like the FTO, would give added value to new agents’ professional development.
Description: Lusíada. Política internacional e segurança. - ISSN 1647-1342. - N. 16 (2018). - p. 121-164.
URI: http://hdl.handle.net/11067/4445
Document Type: Article
Appears in Collections:[ULL-FCHS] LPIS, n. 16 (2018)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LPIS_n16_5.pdf351,59 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons