Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3861
Título: Percepções da autoeficácia em pessoas infectadas com VIH/SIDA face à negociação do preservativo
Autor: Elias, Sofia Mafalda Carvalho
Orientador: Pires, Ana Meireles Sousa
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia Clínica
VIH / SIDA
Prevenção
Comportamentos de risco
Data: 2018
Resumo: Resumo: O presente estudo pretendeu avaliar a perceção da autoeficácia em pessoas infetadas com o VIH/SIDA face à negociação do uso do preservativo, tendo em conta algumas características sociodemográficas, psicológicas e clínicas. A amostra foi constituída por 44 sujeitos de nacionalidade portuguesa, de ambos os sexos (n=23 feminino e n=21 masculino) com idades compreendidas entre os 21 e 44 anos, portadores do VIH/SIDA, aos quais foram aplicados o Questionário sociodemográfico, o Questionário de Autoeficácia Geral e o Questionário de Autoeficácia na Negociação do Preservativo. Apesar de os homens terem apresentado valores médios mais elevados do que as mulheres inquiridas, relativamente à autoeficácia geral e à autoeficácia para a negociação do uso do preservativo, estas diferenças não se revelaram estatisticamente significativas. No entanto, observou-se um efeito significativo da idade relativamente à autoeficácia geral, indicando que os indivíduos mais velhos (idade superior a 40 anos) apresentam uma percepção de autoeficácia superior aos mais novos. Observou-se ainda uma diferença estatisticamente significativa entre os indivíduos, relativamente à percepção de autoeficácia na negociação do preservativo, que se revelou superior no grupo de indivíduos em tratamento ARV.
Abstract: This study aims to evaluate the self-efficacy perception of people with HIV/AIDS when faced with the negotiation of using condoms, considering some sociodemographic, phycological, and clinical characteristics. The sample consisted of 44 (forty-four) Portuguese people, both male and female (n= 23 female and n=21 male) aged between 21 (twenty-one) and 44 (forty-four) years old, carrying HIV/AIDS, to whom it was applied the Sociodemographic survey, the General Selfefficacy survey, and the Self-efficacy on the negotiation of condoms surveys. Although males have shown higher mean values than females regarding general selfefficacy and self-efficacy on the negotiation of using condoms, those differences do not reveal themselves statistically significant. However, a significant effect of age was observed regarding general self-efficacy, indicating that older individuals (aged 40 or higher) show a superior self-efficacy comparing to younger ones. It was also possible to observe a significant statistical difference between individuals, regarding their perception of self-efficacy on the negotiation of using condoms, which was higher in the group of individuals doing ART treatment.
Descrição: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica.
Exame público realizado em 13 de Julho de 2018.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3861
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese mestrado Sofia Mafalda Carvalho Elias.pdf
  Restricted Access
Dissertação de mestrado4,15 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.