Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3441
Título: Arquitectura vernacular : o renascer da arquitectura do vinho nas ruínas do inferno de Bemposta
Autor: Pereira, Hugo Fernando Moura
Orientador: Lima, Cláudia Sofia Gonçalves Ferreira
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura vernacular
Património arquitectónico
Adegas
Edifícios de armazenamento
Bemposta
Data: 21-Jul-2017
Resumo: O objeto de estudo desta dissertação localiza-se no nordeste transmontano, mais precisamente na freguesia de Bemposta. Esta distingue-se das vinte e oito freguesias que a rodeiam, no Mogadouro, pelo seu vasto património arquitetónico, pela proximidade do rio Douro, pelos seus costumes, pela qualidade dos seus produtos e por estar integrada no Parque Natural do Douro Internacional. Estas diversas qualidades representam, no contexto local e regional, as principais atrações para as práticas turísticas, nomeadamente o ecoturismo e o enoturismo. A arquitetura vernacular é outro dos pontos marcantes da aldeia de Bemposta, sendo um tipo de manifestação da ação humana no território. Utilizando os materiais disponíveis e característicos da zona, com mão-de-obra local, estas construções faziam-se erguer de uma forma despojada apenas com a preocupação de dar resposta às necessidades básicas. Este tipo de atuação marca presença em quase todo o território de análise. O núcleo mais antigo de Bemposta, denominado por Inferno, é uma área caraterizada por estas construções. É aqui que se situam quase todas as atividades caraterísticas da zona, nomeadamente, o forno do pão; uma casa de tecelagem; e, dando um maior destaque, a adega do Inferno de Bemposta, pela sua componente histórica. Contudo todas estas estruturas se encontram em muito mau estado de conservação e fora de funcionamento. Os costumes e práticas tradicionais, assim como todo o património edificado, são parte integrante da identidade de um lugar. São estas qualidades que necessitam de ser preservadas e divulgadas. Sendo assim, parte deste estudo passa por tentar devolver a identidade à região, através da divulgação destes costumes e tradições que no ponto de vista do candidato constituem um dos principais meios de atração e dinamização local e regional. Revitalizar e preservar as estruturas físicas inerentes a estas produções torna-se importante para atingir os objetivos aqui propostos. Assim, esta dissertação vai se concentrar no estudo particular da arquitetura do vinho e as tradições adjacentes a esta prática. Destacou-se, para o efeito, a adega do inferno que, segundo relatos da população, teria sido uma adega de qualidade e responsável por grande parte da produção vinícola da aldeia, e que, atualmente, se encontra em completa ruína. Pretende-se que, com a recuperação desta estrutura de grande importância para a população, a região de Bemposta possa readquirir a dinâmica de outros tempos.
The object of study of this dissertation is located in the northern-east of trás-os-montes, more precisely in Bemposta parish. lt is different from the twenty-eight parishes that surround it, of Mogadouro municipality, for its vast architectural heritage, the river Douro, its cultural and social practices, by the quality of its products and for being integrated in the Natural Park of Douro International (PNDI). These distinct qualities, within the local and regional context, represent the main attractions for tourism, more precisely ecotourism and wine tourism The vernacular architecture is another one of the highlights of Bemposta, being a manifestation of human action in the territory. Using available materiaIs and features of the area, with local hand-labor, these buildings were built to respond to basic needs. This type of activity is present in almost the entire area. The oldest core of Bemposta, designated by Inferno, is an area marked by these types of construction. Almost every local activities were located here, such as the bread oven, a weaving home, and, with great importance, the cellar, in Bemposta’s Inferno, for being an historical mark. However, alI of these structures are in bad conservation state and underuse. The local social and cultural practices, as well as alI the built heritage, are an integral part of the identity of a place. These are qualities that need to be preserved and disseminated. Therefore, part of this study involves an attempt to give back the region’s identity by disseminating local traditions and practices, which, from the candidate’s point of view, are a major vehicle of attracting and boosting local and regional image. Revitalising and preserving the inherent physical structures of these productions becomes important to achieve the proposed aims. Thus, this dissertation will focus on the particular study of the architecture of wine and the traditions surrounding this practice. For this purpose, the lnferno’s cellar was elected for study. According to the views of the local population, it would have been a high quality cellar and responsible for much of the winemaking of the village of Bemposta, being currently in complete ruin. lt is intended that the revitalisation of such important structure will lever Bemposta’s region to regam its past momentum.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura
Exame público realizado em 14 de Janeiro de 2014.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3441
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdf
  Restricted Access
21,29 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.