Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3337
Título: A casa-páteo na arquitectura portuguesa desde os anos 50, no contexto da tradição mediterrânica no sul da Península Ibérica
Autor: Rodrigues, Carla Filipa Ferraz, 1984-
Orientador: Silva, Paulo Brito da, 1963 -
Pinheiro, Nuno Rui da Fonseca Santos, 1937-
Palavras-chave: Casas com pátio - História
Casas com pátio - Portugal
Movimento moderno (Arquitectura) - Portugal
Data: 26-Mai-2017
Resumo: A casa-pátio destaca-se entre as várias tipologias habitacionais pela presença do pátio enquanto elemento principal da casa e organizador do espaço interno da habitação. O seu desenvolvimento está relacionado com diversos factores, nos quais se encontram os climatéricos, factores culturais, familiares como também está relacionado com o factor geográfico. A tipologia surge através das diversas civilizações desde a Índia, China, Síria, como também no mediterrâneo. É por via destas que se expandiram por vários territórios - deixando aí a sua marca - que a casa-pátio chega à Península Ibérica. Na Península Ibérica, dada a sua posição privilegiada, recebeu grandes influências do Mediterrâneo, das quais se destacam as influências fenícias, muçulmanas e romanas. O povo romano, nomeadamente, foi um dos principais responsáveis pelo surgimento desta tipologia na Península Ibérica, cuja presença e evolução se mantém até aos nossos dias. Os grandes mestres do movimento moderno foram influenciados pelo passado, particularmente em relação à sua reinterpretação e ao uso do pátio. É a arquitectura vernacular, que é considerada uma arquitectura fixada na tradição, construída através de um conjunto de ensinamentos transmitidos pelas gerações anteriores, que os grandes mestres vão buscar, nas suas origens, as diferentes soluções que o pátio pode oferecer. O pátio foi frequentemente utilizado na arquitectura doméstica, como também na arquitectura religiosa, como é o caso das mesquitas e os claustros, principalmente como meio de organização espacial, de criação de um espaço de habitação. O pátio é um elemento espacial encerrado através de muros, mas que se abre para a habitação, permitindo uma organização espacial no interior da casa e uma ligação interior-exterior.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2012
Exame público realizado em 17 de Abril de 2013
URI: http://hdl.handle.net/11067/3337
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_carla_rodrigues_dissertacao.pdf
  Restricted Access
Dissertação11,63 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.