Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3282
Título: Flexibilidade : sense of age, sense of home /
Autor: Faustino, Noraly Helena Júlio
Orientador: Amaral, Jorge Manuel Ferreira de Albuquerque
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura de habitação
Flexibilidade
Adaptabilidade
Arquitectura de habitação
Lares
Residências sénior
Data: 5-Mai-2017
Resumo: O estudo sobre a Habitação Sénior Flexível surge da análise do crescente envelhecimento populacional, como consequência do aumento da esperança média de vida. Grande parte desta população são vítimas de más condições habitacionais, contudo, a arquitetura é uma das soluções para estas problemáticas, através da criação de espaços coletivos e privados que se adaptem à identidade de cada individuo. A flexibilidade, na configuração interior é usada como resposta à melhoria das condições no sentido de habitar, em contraste aos tradicionais lares e habitações assistidas. Conceptualmente, a ideia não é a adaptação a um futuro incerto, mas a um presente inconstante com várias limitações. Esta é alcançada no habitat para os mais velhos, através da diminuição da institucionalização, informalidade espacial, acessibilidades garantidas, valorização da intimidade, áreas controladas e relação entre o interior e o exterior – pátio. O programa social – centro de dia e noite, voluntariado, apoio domiciliário e médico. A qualidade no habitar dos idosos na proposta de habitação desenvolve-se segundo três elementos: a informalidade, a luz natural e o pátio privado. Contudo, apesar de vários modelos de apropriação que definem a flexibilidade espacial, esta também depende da definição de conforto de cada individuo: identidade.
The study on Flexible Senior Housing comes from analysing the growing population aging, as the consequence of increasing life expectancy. Much of this population is a victim of bad housing conditions. However, architecture is one of the solutions to these problems, through the creation since it has been creating spaces for various activities that adapt to each individual characteristics. Flexibility in the interior configuration is used as a response to improved living conditions, in contrast to the traditional homes and assisted living. Conceptually, the idea is not the adaptation to an uncertain future, but to an inconstant present with several limitations. This is achieved in the habitat for the elderly through the reduction of institutionalization, by multifunctionality, guaranteed access, valuing intimicy, controlled areas and strong relation between the interior an exterior - terrance. The programme is a day and night center, volunteering, home support and doctor. According to conceptual schemes, the quality of elderly housing conditions in the proposal of housing develops on two elements: informality, natural light and private patio. However, despite spatial flexibility, it also dependes on the definition of comfort given by each individual: identify.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
Exame público realizado em 19 de Abril de 2017, às 17H00.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3282
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Sense of Age, Sense of Home_ Final.pdf33,15 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.