Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3223
Título: Construção com desperdícios : do ambiental ao social
Autor: Bastos, José Manuel Coimbra de
Orientador: Costa, Maria Suzana Faro
Rapagão, João Paulo Menezes Dias Pereira
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura sustentável
Arquitectura efémera
Materiais de construção
Data: 19-Abr-2017
Resumo: Desde tempos longínquos que o Homem reutiliza os materiais nas suas construções. As pedras empregues nas primeiras estruturas permanentes eram aproveitadas para outras obras caso essas, por algum motivo, fossem destruidas. Este facto prolonga-se pelos séculos seguintes e manifesta-se, também, com a madeira e o ferro. Hoje, a reutilização dos materiais tradicionais é uma prática que se mantém. Paralelamente, com especial incidência no decorrer das últimas décadas, outros materiais têm sido reutilizados na construção. Entre eles, estão os desperdiçados, disponíveis em grande quantidade como resultante de excedentes industriais ou provenientes do consumismo e requisitos modernos. Actualmente, os inúmeros materiais descartados abriram portas, permitindo que vários arquitectos desenvolvam o seu trabalho com base nestas fontes. Entende-se que esta prática, à semelhança das razões que levaram muitas pessoas, sem formação na área, a construir deste modo aborda dois propósitos essenciais. Como conclusão, entende-se que se trata de uma arquitectura de intervenção de resposta imediata perante situações de crise, em que o arquitecto actua como um socorrista ambiental e social.
Since ancient times humankind re-uses building materials. Stones used in the first permanent structures, were re-used for other works if, for some reason, the constructions were destroyed. This went on for centuries, and hapenned with wood and iron too. Today, the re-use of traditionai materials remains. In addition, with particular incidence over the past decades, other components have been re-used in construction. Among them are wasted materials, available in large scale as a result of industrial surpius or consequential of modern consumerism and requirements. In the early twentieth century, some houses were built with glass bottles, that were incorporated into the walls as a brick substitute. Around the same period, emerged the first slums, with houses built of waste, mainly due to its low coast and ease of acquisition, This practice is, even today, usual, and its main motivation is related to the availability of what is needed to build a shelter. In conclusion, it is understood that this is an architecture of intervention, with immediate response to crisis situations, where the architect acts as an environmental and social rescuer.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
Exame público realizado em 09 de Março de 2010.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3223
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
14,3 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.