Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3188
Título: A madeira na evolução das casas Portuguesas : da construção tradicional à construção contemporânea : Carlos Castanheira - Casa Adropeixe e Casa Costa Grande
Autor: Conceição, Sofia Barge Neves da
Orientador: Amaral, Jorge Manuel Ferreira de Albuquerque
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura tradicional
Arquitectura contemporânea
Materiais de construção
Madeira
Data: 12-Abr-2017
Resumo: Esta dissertação aborda o estudo da madeira enquanto matéria de construção de casas em Portugal. Neste sentido torna-se necessário, num primeiro momento compreender o porquê da utilização da madeira, e perceber como se começou a utilizar. Para a sua compreensão torna-se imprescindível estudar as suas propriedades físicas e mecânicas, entender o seu poder técnico e estético, assim como a sua relação com o ecossistema. O desenvolvimento do trabalho procura perceber a evolução das casas em madeira em Portugal. O modo como o material evoluiu de uma conotação associada à construção precária para um material tão distinto. Deste modo analisamos modelos históricos de arquitectura tradicional em madeira, como é o caso dos palheiros do litoral, para ajudar à compreensão das primeiras construções integrais com este material. A identidade local criada muitas vezes a partir destas construções assume uma tradição que lhe foi imposta e de que modo esta foi transmitida para as gerações futuras. Com o objectivo de estudar entre o paralelismo entre o tradicionalismo e o contemporâneo, realizei uma análise de duas obras contemporâneas de um arquitecto português, onde é perceptível a utilização da madeira como material nobre. A versatilidade criada da evolução deste material atribui-lhe uma variedade de respostas ao mercado actual cada vez mais exigente. Além da vontade de querer sensibilizar as pessoas demonstrando com exemplos práticos que a construção em madeira tem inúmeras vantagens, aliadas aos benefícios da sua vivência, quer pessoal, quer para o território e para o ambiente.
This paper addresses the study ot wood as a construction material in houses in Portugal. First of all, it is necessary to understand the meaning and significance of the usage of wood and then have a look on how it was introduced in architecture. In order to achieve that stage, it is imperative to study their physical and mechanical properties, understand their technical power and aesthetic, as well as their relationship with the ecosystem. This paper moreover attempts to trace and understand the evolution of the usage of wood in houses in Portugal and the way this material has developed from a connotation associated with poor construction to a material many times looked as distinctive and luxurious. Therefore, we analyze historical models of traditional architecture in wood, as it is the case of haystacks in the portugueses coastline, to have a look into the first buildings constructed only with this material. The local identity shaped by these constructions assumes a tradition that was many times imposed by economical constriction and furthermore transmitted to future generations. In order to study the parallelism between traditionalism and contemporary, this paper performs an analysis of two contemporary portuguese constructions, in which is evident the use of wood as a noble material.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
Exame público realizado em 22 de Janeiro de 2014.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3188
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
11,69 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.