Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3165
Título: A incorporação do conceito de flexibilidade na arquitectura : como resposta a um mundo em permanente mutação
Autor: Bastos, Maria Inês Pereira
Orientador: Pinto, Luís Filipe Gasparinho Marques
Palavras-chave: Arquitectura
Espaço (Arquitectura)
Lugar (Filosofia) na arquitectura
Arquitectura contemporânea
Flexibilidade
Data: 7-Abr-2017
Resumo: Numa era marcada por incessantes transformações nos paradigmas que regem o Homem e o mundo, a arquitectura tem resistido à transformação dos seus valores essenciais, face o um contexto inconstante e transitório, Na presente dissertação, procuramos construir uma base teórica que fomente uma revisão crítica dos paradigmas arquitectónicos, face ao actual momento histórico, a partir do trabalho de diversos autores, dissecando o conceito de flexibilidade na arquitectura, os seus tipos, o seu alcance nas diferentes domínios tipológicos e as suas imitações, bem como, a compreensão dos conceitos espaciais e elementos arquitectónicos fundamentais para a concepção de edifícios de carácter flexível. Posteriormente, foi testada a aplicação dos conceitos, através da análise de casos de referência e da casa de estuda por nós desenvolvida, procurando assim entender a validade, ou não, da aplicação do conceito de flexibilidade na arquitectura cama resposta às exigências actuais, Na fim desta investigação, conclui-se que a incorporação da conceito de flexibilidade na arquitectura se apresenta como uma resposta válida, face aos problemas de um mundo em permanente mutação. A flexibilidade deve vir a desempenhar um papel essencial na arquitectura da futuro e deve ser assumida pelas arquitectos cama uma premissa da pensamento, que acompanhe a concepção estrutural ou a forma, possibilitando a antecipação e prevendo a evolução da abjecta arquitectónica ao longo do tempo, face às exigências das seus utilizadores.
In an era marked by unceasing transformations at the paradigms that rules Man and the world, architecture has resisted to the transformation of its essential values, due to a shifting and ephemeral context. In this master thesis, we aim to build a theoretical ground which promotes a critical review of the architectural paradigms, due the current historic moment. By dissecting the concept of flexibillty, learning all the limitations and different types and domains, through various authors, the apprehension of spatial concepts and architectonic elements were fundamental to the conception of flexible buildings. Previously, the application of the concepts were tested through analyses the reference cases, seeking validation, or not, of the real application of flexibility towards the actual demands. ln the end of this investigation, we can conclude that the incorporation of the concept, flexibility in architecture, expresses to be a valid answer due the problems of an abiding changing world. Flexibilily should play an essential role in the future architecture, and should be assumed by architects as a premise that goes along with structural and formal conception, making possible the anticipation and predicting the evolution of the architectonic object over the years, due the users demanding’s.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
Exame público realizado em 07 de Abril de 2014.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3165
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdfDissertação de mestrado24,66 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.