Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3158
Título: Facto arquitectónico : a expressão de uma síntese
Autor: Fernandes, Filipe Amorim Costa, 1983-
Orientador: Azevedo, Orlando Pedro Herculano Seixas de, 1963-
Braizinha, Joaquim, 1944-
Palavras-chave: Projecto de arquitectura
Barcelona Pavilion (Espanha)
Casa de Blas (Madrid, Espanha)
Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, Portugal)
Data: 6-Abr-2017
Resumo: Um facto arquitectónico é sempre resultado de uma síntese. Partindo de três casos de estudo, dissimilares nas suas abordagens: - O Pavilhão de Barcelona, de Mies van der Rohe. - A Casa de Chá da Boa Nova, de Álvaro Siza Vieira. - A Casa de Blas, de Alberto Campo Baeza. A presente dissertação pretende abordar o processo que origina essa síntese. Como método de trabalho, a praxis projectual é examinada e dividida nos vários domínios que abrange, desde a ligação do projecto ao lugar, do conceito enquanto estratégia de projecto ou até à noção do Homem enquanto elemento de activação do facto arquitectónico. Para sustentar o estudo é usada uma base teórica composta, não apenas por textos elaborados pelos três arquitectos estudados, mas também por autores sensíveis ao ensino e reflexão sobre o acto processual, tais como Peter Zumthor ou Manuel Tainha.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2012
Exame público realizado em 20 de Fevereiro de 2013
URI: http://hdl.handle.net/11067/3158
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_filipe_fernandes_dissertacao.pdf
  Restricted Access
Dissertação9,07 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.