Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3147
Título: A comunidade judaica do Porto : um percurso pelas judiarias da Sé, Miragaia e Vitória
Autor: Gomes, Sílvia Raquel Carneiro
Orientador: Infante, Sérgio José Castanheira
Rapagão, João Paulo Menezes Dias Pereira
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura de habitação
Judiarias
Património arquitectónico
Porto
Data: 5-Abr-2017
Resumo: Os judeus revelaram-se essenciais na construção e consolidação da sociedade portuguesa. Chegaram a viver em Portugal, no séc. XIV e XV, sessenta a setenta mil judeus, que habitavam em bairros segregados do resto da sociedade. Acredita-se que a cidade do Porto assistiu à existência de três judiarias. O número de judeus, bem como as suas capacidades económicas, sociais e culturais, permitiram a edificação de várias sinagogas, tornando a minoria religiosa, uma parte integrante da sociedade portuense. Vários arquitectos, arqueólogos e historiadores se têm interessado por este património que tem permitido aos concelhos recuperarem os edifícios antigos do séc. XIV e XV. Considerando que o propósito primordial desta investigação é destacar a comunidade judaica como indispensável para o desenvolvimento económico, social, cultural e também arquitectónico do Porto, é relevante compreender não só a condição judaica mas também a sua influência nas regiões onde se instalam. Na arquitectura, o conhecimento implica experienciar, interpretar e reagir emocionalmente aos espaços. O lugar em que esta investigação se desenvolve usufrui de uma identidade única que impôs uma análise consciente da história, da população e do desenvolvimento social e arquitectónico através das visitas ao local e da pesquisa bibliográfica. A investigação contribuiu para um levantamento do património judaico na cidade do Porto, que nem sempre se identifica dc forma rigorosa, pela fragmentação informativa e falta de documentação. Apesar dos trezentos anos de Inquisição que contribuíram para o desaparecimento da comunidade judaica no Porto, são visíveis hoje, na cidade, discretos vestígios da sua presença. As marcas retratadas na malha urbana, na toponímia e nas construções provam que a condição judaica foi, de facto, um factor essencial para o desenvolvimento do Porto, um testemunho da história, que como património que deve ser recuperado e preservado.
Jews were significant in the construction and consolidation of Portuguese society. Sixty to seventy thousand jews came to live in Portugal, in the 14th and 15th centuries, in neighborhoods that are segregated from the rest of society. It is believed that the city of Porto witnessed the existence of three jewish quarters. The number of jews, as well as their economic, social and cultural capabilities allowed the construction of scveral synagogues, making the religious minority an integral part of Porto’s society. Several architects, archaeologists and historians have been interested in this heritage that has allowed municipalities to recover the old buildings of the 14th and 15th centuries. Considering that the prirnary purpose of this research is to highlight the jewish community as indispensable to the econornic, social, cultural and also architectural development of Porto, it’s irnportant to understand not only the jewish condition hut also its influence in the regions where they settle. In architecture, knowledge implies experiencing, interpreting and reacting emotionally to the spaces. The place where this research develops has a unique identity that imposed a conscious analysis of the history, of population and the social and architectural developrnent through site visits and bibliographic search. The research contributed to a survey of jewish heritage in the city of Porto, which not always be identified accurately, for lack of information and fragmented docurnentation. Despite the three hundred years of Inquisition that contributed to the disappearcnce of the jewish community in Porto, are still visible today discrete traces of their presence. The trademarks left in the city, in toponymy and constructions prove that the jewish condition was, in fact, an essential factor for the development of Porto, a historical testimony, as a heritage that should be preserved and restored.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
Exame público realizado em 25 de Março de 2014.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3147
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdfDissertação de mestrado1,27 GBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.