Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/3074
Título: O tempo e o lugar, passado e presente : Centro Interpretativo : meio de reabilitação urbano de Melgaço
Autor: Silva, Matilde João Campos da Costa Vieira da
Orientador: Infante, Sérgio José Castanheira
Delgado, João Paulo Fialho de Almeida Pereira
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura e identidade
Património
Reabilitação urbana
Melgaço
Data: 27-Mar-2017
Resumo: A desertificação e abandono que persiste nos centros históricos estimulou a vontade de investigar e aprofundar a presente pesquisa, com o objectivo de que esses lugares pudessem ser regenerados a nível urbano, social e cultural. As relações afectivas e geracionais enfraqueceram a sua capacidade de suscitar atitudes e comportamentos. Gerações deixaram de partilhar interesses e necessidades, o que gerou lugares sem história, desertificados e empobrecidos. Deste modo, a Arquitectura interpreta o local como um elemento primordial, reavivando estrategicamente o espírito do lugar. Melgaço é um exemplo. Parou no tempo deixando para trás saberes e história, urgentes de serem transmitidos à população vindoura. A necessidade de salvaguardar a preservação de saberes, tradições e relações sociais, fez com que se ponderasse como seria importante o papel do edifício, quer pelo seu simbolismo, quer pela sua capacidade como portador & memórias. Neste contexto e como objecto de estudo, surge o edifício escola, contraponto de tempos de mudança, em que o seu gradual abandono o transforma numa substância física a requalificar. As reabilitações em edifícios literalmente abandonados, fazem com que o lugar, por sua vez, seja regenerado a nível urbano e cultural, pela valorização da identidade do local, da troca de saberes e experiências das populações e a nível social através de um programa interpretativo de carácter cívica
Desertification and abandonment that persists in the historic centers stimulated the desire to investigate and deepen this research with the aim of regenerating them at an urban, social and cultural level. The affective and generational relationships undermined the ability to inspire attitudes and behaviors. Generations no longer share interests, creating places without any history, desertified and impoverished. Thus, architecture interprets the site/location as a primary element, strategically reviving the spirit of the place. Melgaço is an example of this. It stopped in time leaving behind knowledge and history quite relevant for the future population. The need to preserve knowledge, traditions and social relationships was considered in the importance given to the role of the buiiding, both by its symbolism and by its capacity of being a holder of memories. In this context and as an object of study, there is the school building, counterpoint of changing times, which due to its gradual abandonment should be a matter of concern in terms of physical requalification. Not only does the rehabilitation of abandoned buildings literally regenerate a place at an urban and cultural level giving it a local identity and an exchange of knowledge and experiences but also, at a social level, through an interpretative program of civic character/pattern.
Descrição: Dissertação de mestrado em Arquitectura.
URI: http://hdl.handle.net/11067/3074
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
10,1 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.