Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2976
Título: Valor do envelhecimeto arquitetónico
Autor: Martins, Susana Andreia da Silva
Orientador: Santos, Carlos Manuel de Jesus
Palavras-chave: Arquitectura e memória
Património arquitectónico
Data: 20-Mar-2017
Resumo: Nos dias de hoje, encontramos cada vez mais Cidades cheias de edifícios vazios, velhos e apagados, as suas linhas contam histórias das vidas que por eles passaram, as paredes suspiram por entre os rasgos que vão aparecendo, enquanto que a nova construção continua a crescer, com valores nunca antes vistos. Acreditamos que o futuro das nossas cidades depende da consciencialização das pessoas para o degradamento daquilo que está à nossa volta, construímos em vez de reconstruir, desperdiçamos em vez de pensarmos em aproveitar. Vivemos numa sociedade regida por uma grande mudança de valores culturais, é necessário começarmos a reconhecer a importância da reabilitação nas nossas cidades. Este trabalho de investigação visa responder a estas questões de forma positiva, dando um contributo na resposta a este desafio, sensibilizando todos aqueles que se encontram empenhados em desenvolver projetos com base na reabilitação de edifícios para a conceção de novos projetos dando-lhe uma nova vida. Neste sentido, o presente trabalho é desenvolvido numa vertente teórico-prática, o presente ensaio enumera todo um conjunto de princípios teóricos, no sentido de percebermos o passado dos edifícios, as memórias que ficarem no local deixadas numa outra vida por seres como nós, que construíram segundo a sua religião, segundo a sua cultura, segundo aquilo em que acreditavam, estes princípios foram testados e aplicados numa segunda fase prática na Cidade de Espinho. Podemos concluir que estas obras arquitetónicas que ainda hoje preservamos são um reflexo vivo da nossa história.
Today, we find increasingly Cities full of empty buildings, old and deleted, its lines tell stories of the lives that they passed, the walls sigh through the tears as they come up, while its "new" construction continues to grow, with values never seen before. We believe that the future of our cities depends on the awareness of people to degradation what is around us, we built instead of rebuilding, waste instead of thinking in taking advantage. We live in a society governed by a major shift in cultural values, you must begin to recognize the importance of rehabilitation in our cities. This research aims to answer these questions positively, giving a contribution in response to this challenge, sensitizing al those who are committed to developing projects based on the rehabilitation of buildings fo the design of new projects giving you a new life. In this sense, this work is developed in a theoretical and practical part, this paper lists a whole set of theoretical principles in order to realize the last of the buildings, the memories that were left in place in another life by beings like us who built according to their religion, according to their culture, according to what they believed, these principles have been tested and applied in a second practical phase in Espinho City. We can conclude that these architectural works that still preserve are a living reflection of our history.
Descrição: Mestrado Integrado em Arquitectura
Exame público realizado em 06 de Julho de 2015
Revisão por Pares: no
URI: http://hdl.handle.net/11067/2976
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULF-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
430_mia_susana_martins_dissertacao.pdf
  Restricted Access
Dissertação48,02 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.