Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2921
Título: Arquitetura no Estado Novo : a Praça do Areeiro
Autor: Couchinho, Raquel Amaro Pires, 1986-
Orientador: Alves, Rui Manuel Reis 1964-
Palavras-chave: Arquitectura e Estado - Portugal
Silva, Luís Cristino da, 1896-1976 - Crítica e interpretação
Portugal - Política e governo - 1926-1933
Portugal - Política e governo - 1933-1974
Praça do Areeiro (Lisboa, Portugal) - Edifícios, estruturas, etc.
Data: 15-Mar-2017
Resumo: Procura-se nesta dissertação compreender o modo de pensar e de fazer arquitetura na primeira metade do século XX. Sendo um período da primeira metade do século XX em Portugal, bastante conturbado, durante o qual se viveram anos de confrontos entre a história e a inovação, marcou a afirmação da rotura e o regresso aos temas tradicionais e regionalistas, muitas vezes entre as duas vertentes, “o tradicional e o clássico” e “o progressista e o modernista”. É apresentado um estudo da obra de Luís Cristino da Silva, antes e durante o período do Estado Novo, no qual comparamos com obras de alguns seus contemporâneos. O caso de estudo desta dissertação é a praça do Areeiro, a qual constitui um ponto de viragem para a sedimentação da linguagem arquitetónica do regime. Integrada no Bairro do Areeiro, a praça é um projeto do urbanista Faria da Costa, sobre o qual é feito um breve estudo do seu percurso profissional.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2016
Exame público realizado em 6 de Março de 2017
URI: http://hdl.handle.net/11067/2921
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_raquel_couchinho_dissertacao.pdfDissertação10,62 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.