Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2830
Título: Bem-estar psicológico e auto-conceito dos estudantes universitários : o papel do exercício físico /
Autor: Pinto, Eduardo José Couto
Orientador: Fernandes, Susana Maria Rodrigues
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Psicologia cognitiva
Teste psicológico - Escala de avaliação de bem-estar WB Q22
Exercício físico
Bem estar
Data: 20-Fev-2017
Resumo: O presente estudo teve por objectivo avaliar o papel do exercício físico no auto-conceito e bem-estar psicológico nos estudantes universitários, bem como, explorar as diferenças de género ao nível do bem-estar psicológico e auto-conceito, explorou-se ainda a relação entre o exercício físico e a energia e a relação entre auto-conceito e bem-estar psicológico. Este trabalho foi realizado numa amostra de estudantes universitários (N= 148), tratando-se de um estudo transversal de carácter descritivo e comparativo. A Hipótese 1 previa que indivíduos que realizem exercício físico apresentem níveis mais elevados de Bem-Estar Psicológico e Auto-conceito. A Hipótese 2 previa diferenças estatisticamente significativas entre o Auto-conceito e Bem-estar psicológico em relação ao género. A Hipótese 1 confirmou-se parcialmente ao serem recolhidas evidências empíricas da correlação entre bem-estar psicológico e exercício físico. Em relação à variável auto-conceito não foi confirmada. A Hipótese 2 confirmou-se parcialmente, no que concerne às diferenças de género de bem-estar psicológico, mas não existiram evidências empíricas para a diferença de género no auto-conceito. Foi realizada uma análise exploratória da qual resultaram dados significativos para o estudo. Duas correlações foram encontradas entre exercício físico e energia e entre o auto-conceito e bem-estar psicológico. No final foram discutidos os resultados, as limitações do estudo e levantadas questões sobre investigações futuras.
The aim of this study was to evaluate the role of the exercise on university students self-concept and psychological well-being, as well as explore the gender differences concerning the variables self-concept and psychological well-being. A data exploration was made to evaluate the relationships between variables like exercise, energy, psychological well-being and self. This study was developed with a sample of 148 university students, regarding itâ??s characteristics were a transversal, descriptive and comparative study. Hypothesis 1 predicted that individuals who practice exercise had higher levels of psychological well-being and self-concept. Hypothesis 2 predicted gender differences regarding psychological well-being and self-concept. Hypothesis 1 was partially confirmed regarding the relationship between exercise and psychological well-being, but there weren't empirical evidences regarding self-concept and exercise. An exploratory analysis was made which results in two correlations, one between exercise and energy and another between self-concept and psychological well-being. At the end of the study the data and itâ??s limitations were discussed and was made a brief reflection for further investigation.
Descrição: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica.
Exame público realizado em 10 de Fevereiro de 2011 pelas 14h00.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2830
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
1,45 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.