Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2804
Título: As possibilidades de intervenção psicológica em contexto institucional : o desenvolvimento psico-afectivo de crianças e jovens em risco
Autor: Silva, Jessica Santos
Orientador: Pires, Ana Meireles Sousa
Sobral, João
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Intervenção psicológica
Avaliação psicológica
Consulta psicológica
Data: 13-Fev-2017
Resumo: A conclusão do segundo ciclo de estudos em Psicologia implica a realização de um estágio curricular de 900 horas, que se concretiza na elaboração de um relatório final e respectiva defesa. O presente relatório incide sobre o estágio realizado no âmbito do Segundo Ano do Mestrado em Psicologia Clínica da Universidade Lusíada do Porto. As sessões de supervisão decorreram na Universidade com a Professora Doutora Ana Meireles e o estágio teve lugar no Centro Juvenil de Campanha (Pólo de Campanhã) sob a orientação do Dr. João Sobral com uma duração de 1200 horas. Neste sentido, o presente relatório pretende descrever o plano de acção executado, salientando as actividades dinamizadas, com os diferentes grupos que me foram propostos. Pretendo de modo sucinto, e por isso talvez limitado, descrever a experiência e o trabalho desenvolvido durante o estágio, potenciando uma perspectiva alargada sobre a intervenção psicológica em contexto institucional, bem como sobre a contribuição do Psicólogo Clínico numa instituição de acolhimento de crianças e jovens. Na primeira parte deste trabalho é feito um breve enquadramento acerca da institucionalização. Igualmente, e dada a importância de se compreender qual a dinâmica institucional presente (e que condiciona, inevitavelmente, quer as necessidades, quer as oportunidades de intervenção), não poderia deixar de descrever o contexto de estágio, Para tal, a primeira parte (das quatro que constituem este relatório) reporta-se à caracterização da Instituição, onde são descritas as suas valências e funcionamento, contextualizando ainda a realidade institucional dentro da sua história sócio- cultural. Pretende-se ainda, neste relatório, descrever as funções do psicólogo clínico, num contexto em que emerge a necessidade de maximizar as funções de qualquer profissional que trabalha com estas crianças e jovens. Assim, a segunda parte deste relatório destina-se a descrever o papel que o psicólogo clínico assume nesta instituição, face à sua população-alvo. Numa terceira e quarta parte, são descritas as actividades desenvolvidas quer ao nível da intervenção de grupo, quer ao nível da intervenção individual, Incluem-se neste capitulo, as abordagens teóricas que orientaram a conceptualização e respectiva intervenção nos casos clínicos apresentados, e que orientaram as intervenções desenvolvidas em grupo. Ainda no terceiro capítulo, inclui-se o Manual de Procedimentos em Caso de Maus-’Frntos que se reflectiu ainda numa acção de formação com os educadores. (Jessica Santos Silva)
Descrição: Relatório de estágio realizado no âmbito do mestrado em Psicologia Clínica.
Exame público realizado em 20 de Junho de 2011.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2804
Tipo de Documento: Relatório
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Relatórios

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatorio de estagio.pdf
  Restricted Access
4,43 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.