Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2792
Título: Arquitectura virtual : a realidade virtual como elemento de humanização do espaço
Autor: Calado, Nuno Miguel Gomes
Orientador: Gomes, Cristina Maria dos Santos Nunes Pires Caramelo, 1963-
Palavras-chave: Realidade virtual na arquitectura
Espaço (Arquitectura)
Data: 9-Fev-2017
Resumo: A arquitectura como arte de contruir tem o seu lugar na nossa sociedade permitindo desenvolver as infraestruturas necessárias para o bom funcionamento da mesma. Através de uma linguagem assente em valores estéticos e funcionais, manipulando formas, dimensões, cores e materiais, o arquitecto procura criar espaços que protegam e permitam a vivência das pessoas. Apesar de a arquitectura construída ser visível e palpável, há no entanto um trabalho invisível protagonizado pelo arquitecto e pela restante equipa de projecto que tornou possível a sua materialização É nesse trabalho invisível, que reside a essência da arquitectura, que pode ser comparada a uma viagem que tem como ponto de partida uma ideia inicial e que depois de um processo de reflexão dá origem a um conceito e se desenvolve até à concretização do projecto final, que constitui o resultado de um trabalho de imaginação e de criatividade que se deve centrar no elemento fundamental - o espaço ao serviço do ser humano. A sociedade tecnológica, em que vivemos, veio introduzir novos modelos nas relações entre as pessoas e novas ferramentas na arquitectura, proporcionando novas formas de projectar, introduzindo inovação nos materiais e nas técnicas de construção de edifícios, proporcionando uma viragem do estilo arquitectónico, que deu origem a uma nova era que veio a designar-se por Modernismo. Neste trabalho é proposta uma reflexão sobre a arquitectura e sobretudo sobre a forma como o arquitecto pode tirar partido das novas tecnologias para gerar novas ideias, novas dinâmicas, e novas formas de comunicar com os restantes intervenientes do processo de desenvolvimento e construção da obra arquitectónica, através do uso de plataformas virtuais que permitam simular a interacção do ser humano com o espaço, procurando criar sensações que permitam o conforto e o bem-estar dos utilizadores. A possibilidade que as novas tecnologias, e neste caso em concreto a realidade virtual, têm para proporcionar a vivência virtual do futuro espaço a ser construído permite não só que haja clareza na comunicação das ideias e permite que os futuros utilizadores do espaço tenham um papel mais activo e mais interessante no desenvolvimento dos projectos. Ao dar esta possibilidade aos futuros utilizadores do espaço não só estamos a humanizar os espaços, através da experimentação e da procura de atingir os níveis de conforto dos utilizadores, estamos também a humanizar a arquitectura permitindo e incentivando a interacção entre o arquitecto e os futuros utilizadores.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2013
Exame público realizado em 19 de Março de 2014
URI: http://hdl.handle.net/11067/2792
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_nuno_calado_dissertacao.pdfDissertação8,9 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.