Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2751
Título: Através das lentes : do cinema à arquitectura : o percurso como regeneração da frente ribeirinha urbana de Amarante
Autor: Pereira, Tânia Soraia Teixeira
Orientador: Alves, Francisco Peixoto
Palavras-chave: Arquitectura
Arquitectura e cinema
Frente fluvial
Desenvolvimento urbano
Amarante
Regeneração urbana
Data: 6-Fev-2017
Resumo: O objectivo deste trabalho é sobretudo de domínio pessoal; desenvolvendo um projecto à nossa imagem, atribuindo-lhe a nossa personalidade e dar-lhe identidade. Ligar a imagem à funcionalidade, o ‘belo’ ao ‘bom’ é o nosso manifesto. Estudar a história e memórias para investigar o carácter simbólico e identitário de um lugar. Identificar, conectar e relembrar para conseguir intervir positivamente no conceito de cidade. “Através das Lentes” é o objecto que irá desenlaçar o próximo passo enquanto tema e instrumento do projecto. É através do Cinema que se tenciona desenvolver melhor o utopismo criado entre a Arquitectura e a Sétima Arte, e que torna o mistério entre elas muito mais empolgante. A liberdade do movimento e do inconsciente enquanto individuo aliado a Freud reúne aqui uma vantagem, produzida por sonhos. O principal objectivo será então, conseguir imprimir numa Arquitectura real e sustentável, a imagem do nosso subconsciente expresso através do cinema; numa ideia de recuperar as vivências outrora vividas e que hoje não são praticáveis, assim como valorizar os espaços e devolver o seu carácter à cidade, construíndo uma humanização do espaço através da fenomenologia do lugar de modo a dar resposta a potenciar a narrativa vivencial.
The main aspect of this paper is mainly of a personal domain. Developing a project to our image, giving it our personality is giving it identity. Connecting the image to its’ function, the ‘beauty’ to the ‘well structured’ is our manifest. Studying the history and memories to investigate the symbolic and identical character. Identify, connect and remember memories to be able to intervene positively in the concept of ‘city’. “Through the lens” is the object that will unravel the next step while theme and utensil of the project. It’s through cinema that the intention is to further develop the utopianism created between architecture and the Seventh Art and the mystery between them much more exciting. The freedom of movement and unconscious of Freud has an advantage here, produced by dreams. The main objective will be to be able to produce along side Architecture that’s real and sustainable, the image of our subconscious through cinema in an ideal of recovering the experiences lived elsewhere and that are no longer used, as well as emphasising spaces by giving them back their character to the city, recovering the humanisation of spaces through the phenomenology of space as a response to promoting an experimental narrative.
Descrição: Exame público realizado em 16 de Dezembro de 2016, às 15H00.
Dissertação de mestrado em Arquitectura.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2751
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdfDissertação de mestrado39,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.