Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2509
Título: A casa pátio no sul de Portugal : três projectos SAAL
Autor: Cabrita, Tânia Filipa Correia, 1989-
Orientador: Alves, Rui Manuel Reis, 1964-
Palavras-chave: Casas com pátio - Portugal
Casas com pátio - História
Habitação social - Portugal
Arquitectura de habitação - Portugal
Data: 29-Jun-2016
Resumo: O presente trabalho debruça-se sobre o tema da casa-pátio. O pátio é um “espaço aberto”, no interior de uma forma, associado ao programa habitacional e à escala doméstica, que teve a sua origem há mais de 5000 anos nas casas mesopotâmicas. Este posteriormente expandiu-se para outras civilizações como, Egipto, Grécia, Roma, China, Japão e países muçulmanos. O pátio, sendo inicialmente um espaço íntimo, de protecção, de climatização, que resguardava o Homem do exterior evoluiu e passou a ser aplicado em outros programas e noutras escalas, que não a doméstica. Assim como, na escala doméstica os vários usos e adaptações que teve. Como exemplo disso, a arquitectura da casa pátio no Algarve, sendo que esta não é verdadeiramente a típica casa pátio porque o pátio não está no centro da casa mas, junto ao limite da mesma na maioria dos casos, embora existam algumas excepções. Nesta presente dissertação, irei demonstrar alguns desses aspectos na arquitectura tradicional. Desta forma, a presente dissertação encontra-se organizada em quatro capítulos principais, ao longo dos quais se desenvolve o estudo sobre as operações SAAL, especificamente sobre o processo no Algarve, nos Bairros da Meia praia, Estômbar e Mexilhoeira da Carregação, da autoria do arquitecto José Veloso responsável pelo processo SAAL no sul de Portugal. Este surge como uma das “histórias” que contam o modo como se desenrolou o processo e que nos permite avaliar o seu impacto, pelo menos nesta região. Assim, esta dissertação apresenta um itinerário da origem do pátio na habitação até á sua utilização na contemporaneidade, nomeadamente na década de 70 no sul de Portugal, onde as questões da casa evolutiva, a relação interior/exterior através do pátio, serão um fio condutor na arquitectura desta época.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2014
Exame público realizado em 11 de Fevereiro de 2015
URI: http://hdl.handle.net/11067/2509
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_tania_cabrita_dissertacao.pdfDissertação7,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.