Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2507
Título: A conceptualização transversal na arquitetura e na dança contemporânea : simetrias e oposições
Autor: Almeida, Sandra Isabel Santos, 1988-
Orientador: Soares, Maria João dos Reis Moreira, 1964-
Palavras-chave: Arquitectura - Factores humanos
Dança
Arte performativa
Brown, Trisha, 1936 - Crítica e interpretação
Keersmaeker, Anne Teresa de, 1960 - Crítica e interpretação
Data: 28-Jun-2016
Resumo: Arquitetura e Dança é o tema central deste estudo. Procuramos fazer um enquadramento teórico de questões que estão inerentes à experiência humana na arquitetura e na dança, limites estruturais entre as duas artes do corpo – “Artes do corpo” – onde o século XX exerce uma preponderância especial; pois é durante este século que a arte sofre uma alteração profunda, dando pretexto ao aparecimento de novas formas de expressão artística, que acabam por expandir novos horizontes. Os anos 1960, 1970 e 1980 são fundamentais para este estudo. É durante estas décadas que a performance art de demarca como expressão artística, enaltecendo relações entre o corpo e o espaço através do movimento. É através destas relações entre corpo, espaço e tempo, que procuraremos o cruzamento entre a performance art e a arquitetura. Tomamos por “arquitetura performativa” os objetos que se encontram no limite dos universos de arte e arquitetura, modos de fazer e, onde a relação com o corpo e com o espaço são determinantes. Os casos de estudo servem precisamente para exemplificar momentos nos quais nos emocionamos, através de uma perspetiva fenomenológica, no âmbito de uma performance particular, onde os propósitos desse tempo curto de entidade se reinventam pela importância na modernidade das artes, permanecendo ainda no tempo e no espaço. Neste sentido, procuraremos estabelecer um conjunto de “semelhanças” entre Arquitetura e Dança. Para além dos três elementos estanques com os quais ambas têm que lidar e “vencer” – a gravidade, o tempo e o próprio espaço – haverá mais coincidência? Depois de analisar o processo, tentaremos perceber até que ponto as duas formas de expressão se cruzam e contaminam.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2014
Exame público realizado em 25 de Março de 2015
URI: http://hdl.handle.net/11067/2507
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_sandra_almeida_dissertacao.pdfDissertação6,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.