Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/250
Título: Os materiais locais na arquitectura sustentável : a influência da arquitectura vernácula
Autor: Lima, Sofia Fernandes Ávila de, 1989-
Orientador: Pinto, Alberto Cruz Reaes, 1932-
Campos, Filipe Alexandre Duarte González Migães de, 1972-
Palavras-chave: Materiais de construção locais
Arquitectura vernácula
Arquitectura sustentável
Data: 9-Abr-2013
Resumo: O objectivo desta dissertação é reflectir sobre as técnicas construtivas que utilizam materiais locais, e por isso, com baixa energia incorporada, relacionando as problemáticas sustentáveis actuais na área da arquitectura com as influências vernaculares que permanecem até aos nossos dias. Para isso, serão abordadas variadas construções que comprovam esta estreita ligação através dos seus materiais construtivos, tendo sempre em conta as preocupações ambientais. A escolha dos materiais locais estudados neste trabalho prendeu-se pela sua capacidade de privilegiarem a vertente sustentável da arquitectura. São, por isso, dados exemplos de edificações erguidas com esses materiais e que têm centenas de anos mas também são exemplificados alguns edifícios contemporâneos onde foram utilizadas essas mesmas técnicas construtivas. Esta dissertação pretende ainda mostrar que a optimização da construção sustentável passa por alertar os arquitectos, engenheiros e empreiteiros para os problemas da exploração sem limites dos recursos e matérias-primas destinada à construção, aproximando-os cada vez mais das preocupações ambientais, enquanto atingem, também, uma melhor relação entre custos e benefícios, associados a um óptimo comportamento do edifício e à economia de energia. Procura-se assim, salientar e valorizar esse “pensamento verde”, relacionando-o com a sustentabilidade dos materiais na arquitectura. Para isso, estuda, mais em pormenor, a construção em terra crua, mais especificamente a moldada através de taipais. No caso de estudo, uma casa construída em taipa, procura-se analisar esta técnica construtiva de modo a que seja perceptível a sua simplicidade, economia e rapidez na fase de construção, associadas, depois, às enormes vantagens que oferece durante todo o seu ciclo de vida. A taipa é escolhida como caso de estudo por ser uma técnica advinda de uma grande influência vernacular, que nos dias de hoje, começa, de novo, a ter um lugar muito próprio na arquitectura sustentável contemporânea, dando-lhe novas formas e significados sem nunca nos deixar esquecer a sua história e origens.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2012
Exame público realizado em 13 de Março de 2013
URI: http://hdl.handle.net/11067/250
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_sofia_lima_dissertacao.pdfTexto integral11,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.