Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2296
Título: Depressão pós-parto nos casais : o efeito da satisfação conjugal
Autor: Lopes, Helena Maria Grego Leal Nazaré Martins de Sousa
Orientador: Oliveira, Joana Serra de
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Depressão pós-parto
Satisfação conjugal
Teste psicológico : Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS)
Teste psicológico : Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVJC)
Data: 3-Mai-2016
Resumo: Com o nascimento de um filho acontecem muitas mudanças e adaptações a novos papéis, responsabilidades e rotinas de vida, levando a um grande impacto na vida pessoal e familiar dos novos pais (Relvas, 1996). O objectivo deste estudo foi analisar a relação entre a satisfação conjugal nos casais e a depressão pós-parto. Participaram 25 casais (25 homens e 25 mulheres), casados ou em união de facto com o ensino secundário ou com o ensino superior. Os dados foram recolhidos através do Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS), Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVJC) e um Questionário de Dados Sócio- Demográficos. Pretendeu-se ainda demonstrar como as variáveis EPDS e EASAVIC se comportavam sob a influência das variáveis 1° filho e suporte familiar/social. Efectuadas as respectivas análises estatísticas, verificou-se que houve uma correlação estatisticamente significativa e negativa entre a depressão pós parto e a satisfação conjugal. Enquanto que na mulher apenas se verificou uma correlação significativa moderada negativa entre a depressão e o funcionamento conjugal, no homem todas as dimensões da satisfação conjugal apresentam correlações negativas moderadas e significativas entre as dimensões da satisfação conjugal e da depressão. Estes dados apontam no sentido de ao existir no seio de um casal depressão pós parto esta irá afectar e diminuir a sua satisfação conjugal.
With the birth of a child occur many changes and adjustrnents to new roles, responsibilities and routines of life, leading to an big impact on personal and family life of new parents (Relvas, 1996). The aim of this study was to analyze the existence of a relation between marital satisfaction in couples and postpartum depression. 25 couples participated (25 men and 25 women), married or unrnarried couples with secondary or higher education. Data were collected through the Edinburgh Postnatal Depression Scale (EPDS), Scale for Assessment of the Areas of Life Satisfaction in Marriage (EASAVIC) and a Questionnaire SocioDemographic Data. It was still intended to demonstrate how the variables and EPDS EASAVJC behaved under the influence of variables 1st child and family support / social. Made their statistical analyzes, we found that there was a statistically significant and negative correlation between postpartum depression and marital satisfaction. While in women there was only a moderate negative correlation between depression and marital functioning ïn man all the dirnensions of marital satisfaction show moderate and significant negative correlations between the dimensions of marital satisfaction and depression. These data point towards the existence within a couple of postpartum depression that wiIl affect and decrease their marital satisfaction.
Descrição: Exame público realizado em 24 de Julho de 2012.
Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Psicologia Clínica.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2296
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdf
  Restricted Access
Dissertação de mestrado1,02 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.