Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2251
Título: Adoecer com cancro : desafios do psicólogo clínico na área da psico-oncologia
Autor: Ferreira, Ana Filipa da Silva Iglésias
Orientador: Ramos, Mariana Costa Brandão de Moura
Martins, Renato Sérgio Pereira
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Oncologia
Intervenção psicológica
Data: 27-Abr-2016
Resumo: O presente relatório insere-se no âmbito do estágio curricular em Psicologia Clínica e teve, como entidade acolhedora, a instituição Liga Portuguesa Contra o Cancro Núcleo Regional do Noite, nomeadamente a Unidade de Psico-Oncologia. O estágio realizado nesta Unidade tem como temática central a doença oncológica e o apoio psicológico fornecido ao doente oncológico e aos seus familiares. Desta forma permitiu o envolvimento do estagiário com o funcionamento da Unidade de PsicoOncologia e as suas variadas valências, bem como a realização de formações e actividades que não se prenderam apenas com o contexto de consulta clínica. Teve como principais objectivos dotar o estagiário de competências de elaboração de relatórios clínicos; planeamento de estratégias de intervenção e de observação de consultas. Promoveu a oportunidade de contactar com as especificidades da temática central, não só a nível biológico como também a nível psicológico e psicossocial, tendo sido proporcionado ao estagiário a elaboração de trabalhos escritos acerca do tema, bem como a participação em acções de sensibilização e formações associadas à doença oncológica. O desenvolvimento do estágio passou, assim pela realização de consulta psicológica em contexto de consultório, bem como pela elaboração de actividades relacionadas com a temática do cancro. No contexto de consultas houve a passagem por três momentos distintos, nomeadamente a observação de consultas, a condução de consultas pelo estagiário com supervisão directa do orientador e por fim a condução de consultas pelo estagiário sem supervisão directa. Neste sentido, o trabalho apresentado pretende descrevei-, apresentar e explorar todo o percurso e desenvolvimento do estágio na Unidade de PsicoOncologia da Liga Portuguesa Contra o Cancro. Visa, também fornecer uma apresentação, planificação, formulação e conceptualização de casos clínicos acompanhados nesse contexto. Muito mais do que a mera descrição e exploração, é pretendido apresentar uma longa caminhada, um percurso desenvolvimental dotado de desafios, dúvidas, incertezas e grandes aprendizagens que fizeram parte de uma etapa tão crucial e decisiva na vida de um estagiário. O relatório foi dividido em quatro partes principais. Numa primeira parte irá ser feita a apresentação da instituição fazendo-se a sua caracterização e da sua história, bem como do surgimento da Unidade de Psico-Oncologia. O papel e função do psicólogo na presente unidade e os seus objectivos gerais serão também aqui contemplados. Visto este contexto ter uma ligação directa com a temática do cancro e o doente oncológico, bem corno a sua família, numa segunda parte irão ser abordados os temas relacionados com a doença oncológica e o seu impacto tanto a nível biopsicossocial como também os domínios, objectivos e definição da própria Psico-Oncologia. Nesta parte será, também feita uma abordagem ao ciclo Psico-Oncológico. Este não pode ser de todo deixado de parte visto, haver a noção de que existem determinadas especificidades e características associadas ao portador da doença e também aos seus familiares. Existe assim, uni padrão de comportamento mais ou menos geral associado a esse público-alvo, como também estratégias de intervenção associadas a cada estádio do ciclo, não querendo dizer contudo, que esse ciclo e as fases a si associadas sejam estáveis e estanques, permanecendo assim o conceito de que “cada caso é uni caso”. A segunda parte do relatório contempla ainda uma exploração da pertinência e importância da Psico-Oncologia, permitindo, desta forma a sua justificação e sentido na temática da doença oncológica. Inclui igualmente uma exploração do impacto da PsicoOncologia no sistema imunológico, nomeadamente a relação existente entre a psiconeuroimunologia e o cancro. Um último tema abordado neste ponto prende-se com a intervenção no doente oncológico e o privilégio dado à terapia CognitivoComportamental como forma de intervir neste contexto. Uma parte seguinte do relatório será dedicada à apresentação e descrição das actividades desenvolvidas no âmbito de estágio, dos seus objectivos, pertinência, relevância e competências desenvolvidas após a sua realização. Segue-se depois, por último, uma parte dedicada à apresentação, formulação e conceptualização de casos, onde irão ser apresentados dois casos clínicos. Os casos serão trabalhados e explorados com base na sua formulação clínica, conceptualização e estratégias de intervenção adoptadas para cada um deles.
Descrição: Exame público realizado em 14 de Março de 2013.
Relatório de estágio realizado no âmbito do Mestrado em Psicologia Clínica.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2251
Tipo de Documento: Relatório
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Relatórios

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
1,41 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.