Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2210
Título: Reaprender a viver
Autor: Dias, Anabela Cosme
Orientador: Ramos, Mariana Costa Brandão de Moura
Oliveira, Deolinda
Palavras-chave: Psicologia
Psicologia clínica
Envelhecimento
Psicologia do desenvolvimento
Velhice
idosos
Psicologia
Data: 20-Abr-2016
Resumo: O presente estágio foi realizado com o objectivo de conclusão do Mestrado em Psicologia Clínica, num contexto de Lar Idosos (Estrutura Residencial para Idosos) tendo como população alvo idosos com mais de 65 anos. Durante este relatório ambiciono realçar os défices cognitivos, físicos e sociais que ocorrem durante o processo de envelhecimento e traçar estratégias para que estes se mantenham ou pelos menos que não se deteriorem. O envelhecimento é visto como um processo de degradação progressivo e diferencial que afecta todos os seres vivos e o seu termo natural é a morte do organismo. É assim impossível datar o seu começo, porque de acordo com o nível no qual ele se situa (biológico, psicológico ou sociológico), a sua velocidade e gravidade variam de individuo para indivíduo (Fontaine, 2000). Apesar de muitas mazelas e perdas inevitáveis em todos os campos, o envelhecimento tem também características positivas, como a sabedoria, a maturidade emocional, a capacidade de dar maior significado à vida (Oliveira, 2010). Todas as medidas, políticas e práticas, que contribuam para um envelhecimento saudável são de grande importância. Com estes objectivos, vários aspectos são valorizados. A autonomia é uma vertente central do envelhecimento saudável. É importante promover a autonomia das pessoas idosas, o direito à sua autodeterminação, mantendo a sua dignidade, integridade e liberdade de escolha. Também a aprendizagem ao longo da vida é um outro aspecto que muito contribui para se envelhecer saudavelmente, porque contribui para que se conservem as capacidades cognitivas, e o últimos aspecto a valorizar é o idoso manter-se activo mesmo apos a reforma é uma das formas que mais concorre para a manutenção da saúde da pessoa idosa nas suas diversas componentes, física, psicológica e social. O envelhecimento saudável depende do equilíbrio entre o declínio natural das diversas capacidades individuais, mentais e físicas e a obtenção dos objectivos que se desejam. (Anabela C. Dias)
Descrição: Exame público realizado em 05 de Março de 2012.
Relatório de estágio realizado no âmbito do mestrado em Psicologia Clínica.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2210
Tipo de Documento: Relatório
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Relatórios

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de estágio.pdfRelatório de Estágio4,3 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.