Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2153
Título: Os mercados no século XXI : novas perspetivas de apropriação do espaço público
Autor: Henriques, Mariana Marques, 1992-
Orientador: Braizinha, Joaquim, 1944-
Palavras-chave: Mercados
Mercados - História
Espaços públicos
Data: 14-Abr-2016
Resumo: O Mercado é uma parte integrante deste grande organismo vivo que é a cidade. Um membro do espaço público, que o dinamiza e qualifica. Ele é um revitalizador da vida de uma cidade. Um dos mais antigos qualificadores do espaço, acompanhou a cidade desde os tempos da antiguidade. Foi um dos principais integrantes da Ágora, do Fórum, do Souk, da Loggia e, finalmente conhecido como Mercado, passou a ter um lugar privilegiado na praça Medieval e, mais tarde, na cidade do Renascimento. Por fim, encontrou um lugar nas construções de ferro e vidro da Era Industrial e nas linhas sóbrias do Mundo contemporâneo. Objeto de uma sociedade de massas, o Mercado acabará por conhecer o seu declínio e a decadência no século XIX, vítima de abandono e esquecimento. O mercado deixou de servir uma sociedade consumista. Todavia, atualmente assistimos a um retorno à tradição, numa realidade em que as perspetivas contemporâneas e a tradição coexistem harmoniosamente. É pela mão do arquiteto que se reabilitam estes espaços esquecidos entre ruas, entre edifícios, na memória da cidade. Atualmente, o mercado já não é visto apenas como o local de compra da fruta, dos legumes, do peixe ou da carne. O mercado é mais, oferece mais, dá mais. Mas, sobretudo, o mercado de hoje vive mais! Os espaços de restauração, os grandes pátios centrais repletos de cadeiras e mesas contínuas proporcionam a convivência e troca de cultura entre as gentes. Este é o mercado do século XXI: um lugar físico com um novo funcionalismo que se abre para o espaço público e o domina, de forma controlada, e que com ele estabelece uma relação, através de uma linguagem própria. O Mercado do século XXI é um espaço físico público que dinamiza e revitaliza a cidade.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2015
Exame público realizado em 13 de Janeiro de 2016
URI: http://hdl.handle.net/11067/2153
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_mariana_henriques_dissertacao.pdfDissertação12,86 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.