Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2117
Título: O quarteirão slow para uma vivência equilibrada
Autor: Milagaia, Liliana Patrícia Carvalho
Orientador: Alves, Francisco Peixoto
Palavras-chave: Arquitectura
Teoria da arquitectura
Arquitectura contemporânea
Movimento slow
Arquitectura e urbanismo
Regeneração urbana
Desenho urbano
Quarteirão
Data: 7-Abr-2016
Resumo: Resumo: O desenvolvimento desta dissertação parte de uma reflexão sobre os novos hábitos e as novas formas de utilização dos espaços como consequência da industrialização e da globalização e do qual faz parte a análise feita às transformações no quarteirão rururbano de Santa Maria da Feira. O tempo, como elemento crucial na criação de um novo paradigma urbano, de uma nova arquitectura e de novas mentalidades, é abordado como o foco da rapidez das vivências actuais que dirigem as cidades a um colapso. Para tal, centramo-nos no estudo da evolução do quarteirão como unidade base da cidade e que, segundo autores como Richard Rogers e Jane Jacobs, se associa a uma organização espacial ligada à velocidade, de cariz monofuncional e que fomenta uma sociedade inquieta, stressante e individualizada que contribui para uma cidade desequilibrada. Tendo como ponto de partida os comportamentos ambientais, sociais e físicos com que actualmente nos deparamos, é usado o slow como estratégia de desenho urbano de resposta ao desequilíbrio. Um modo de vida saudável, designado de slow living, é a chave que contraria a velocidade e ajuda a abrandar os ritmos que proporcionam ambientes saudáveis e nos garantem o usufruto das coisas naturais da vida para uma vivência mais equilibrada.
Abstract: The development of this dissertation is based on a reflection on the new habits and new ways of using space as a consequence of industrialization and globalization a part of which is the analysis done on transformations in the rururban quarter of Santa Maria da Feira. Time, as crucial element in the criation of a new urban paradigm, of a new architecture and new mentalities, is approached as the focus of speed and of current experiences driving cities to collapse. For such, we have centered on studying the evolution of the quarter as city base unit and, according to authors such as Richard Rogers and Jane Jacobs, is assotiated to a spatial organization linked to speed, of multifuntional nature fostering a restless society, stressing and individualized which contributes to an unbalanced city. Taking as a starting point the environmental, social and physical behaviors that we currently face, the slow is used as a strategy for urban design as a response to the unbalance. A healthy way of life, designated as "slow living", is the key that contradicts speed and helps slow rythms providing healthy environments and assuring us the joy of natural things in life for a more balanced experience.
Descrição: Exame público realizado em 6 de Janeiro de 2015.
Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Arquitectura.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2117
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao de mestrado.pdfDissertação de mestrado23,45 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.