Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/2073
Título: Bem-estar subjectivo em crianças e adolescentes com défice cognitivo
Autor: Miranda, Maria José Costa
Orientador: Moreira, Paulo Alexandre
Palavras-chave: Educação Especial
Necessidades Educativas Especiais
Défice cognitivo
Crianças
Vida cognitiva
Psicologia
Data: 16-Mar-2016
Resumo: Recentemente, a compreensão do bem-estar subjectivo tem recebido um crescente interesse por parte da investigação, em parte, devido às evidencias da sua relevância para diferentes domínios de funcionamento. O défice cognitivo é um factor de risco para uma adaptação ao meio mais pobre, incluindo ao nível do bem-estar subjectivo. Apesar disso, pouco se sabe acerca do bem-estar subjectivo, numa perspectiva compósita, em crianças e adolescentes com défice cognitivo. O objetivo de estudo foi avaliar o Bem-Estar Subjetivo em crianças e adolescentes com défice cognitivo. Participaram neste estudo, 496 crianças e adolescentes, 141 com défice cognitivo e 355 sem défice cognitivo, com idades compreendidas entre os 4 e os 20 anos, da zona Norte de Portugal. Os indicadores de bem-estar subjectivo avaliados foram a satisfação com a vida, a tonalidade emocional, a satisfação com o suporte social e qualidade de vida. Os resultados demonstram que as crianças e adolescentes com défice cognitivo apresentam menores índices de bem-estas (compósito) mas também de satisfação com a vida, qualidade de vida, e de tonalidade emocional positiva do que crianças e jovens sem défice cognitivo. Crianças e jovens com défice cognitivo estão mais satisfeitos com o suporte social. Estes resultados são congruentes com resultados de estudos anteriores e têm implicações importantes para a promoção da qualidade de vida de indivíduos com défice cognitivo.
Abstract: Recently, the understanding of subjective well-being has received an increasing interest from the research, in part, because of evidences of their relevance to different areas of functioning. The cognitive deficit is a risk factor for a poorer adaptation to the environment, including at the level of subjective weIl-being. Yet little is known about the subjective well-being, in a composite perspective in children and adolescents with cognitive deficit. The objective of the study was to evaluate the Subjective Well-Being in children and adoiescents with cognitive deficit. Participated in this study, 496 children and adolescents, 141 with cognitive deflcit and 355 without cognitive deficit, aged between 4 and 20 years, in the northern part of Portugal. The indicators of subjective weIl-being evaluated were, satisfaction with life, the emotional tonality, satisfaction with social support and quality of life. The results show that children and adolescents with cognitive deficits have lower well-heing (composite) indices, but also life satisfaction, quality of life, and positive emotional tonality than children and young people without cognitive deficit. Children and young people with cognitive deficits are more satisfied with socïal support. These results are consistent with results from previous studies and have important implications for the promotion of quality of life of individuaIs with cognitive deficits.
Descrição: Exame público realizado em 29 de Junho de 2012.
Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Educação Especial.
URI: http://hdl.handle.net/11067/2073
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-IPCE] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
Dissertação de mestrado1,17 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.