Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1890
Título: A descontextualização de objectos correntes para materiais de construção : o caso da aplicação dos tubos de papel de Shigeru Ban
Autor: Costa, Marta Isabel Silva Rodrigues da, 1991-
Orientador: Campos, Filipe Alexandre Duarte Gonzalez Migães de, 1972-
Lebre, Pedro Jorge Ribeiro Guedes, 1968-
Palavras-chave: Papel na construção
Materiais de construção
Arquitectura sustentável
Ban, Shigeru, 1957- - - Crítica e interpretação
Data: 11-Fev-2016
Resumo: A presente dissertação subordinada ao título “A descontextualização de objectos correntes para materiais de construção: o caso da aplicação dos tubos de papel de Shigeru Ban” tem como objecto de estudo a compreensão do pensamento arquitectónico e percurso que conduziram à descontextualização de objectos correntes e à sua crescente utilização em obras de arquitectura. No campo de aplicação destes objectos, incluem-se garrafas de plástico e de vidro, contentores de transporte, paletes de madeira, grades de plástico de garrafas, pneus, janelas, portas e, essencialmente, os tubos de papel, aplicados em inúmeras obras do conhecido arquitecto japonês Shigeru Ban. Pretende-se, ainda, estudar as características, processos, técnicas e métodos construtivos que tornam possível a aplicação destes objectos como materiais de construção, descontextualizados da sua função original. Este estudo decorre da importância em assimilar questões base da arquitectura, nomeadamente a questão da materialidade e do modo como é encarada na actualidade, com o aparecimento crecente de soluções inovadoras e de novos materiais, adaptados às novas tecnologias e às exigências contemporâneas. Procura-se, assim, entender os mecanismos e a praxis que tornam possível a exploração e determinam a utilização destes objectos enquanto novos materiais em obras de arquitectura, bem como a sua inserção e aplicação no âmbito de projecto e da edificação. Os objectos correntes podem assumir um papel de materiais de construção inovadores, ecológicos e económicos, em sintonia com uma nova mentalidade que passa pela necessidade de promover a reutilização, minimização dos desperdícios e redução do consumo energético, perspectivando, simultaneamente, um novo caminho a ser percorrido no âmbito da arquitectura. A aplicação destes novos materiais permite dar uma resposta adequada às questões ecológicas, na medida em que contribui para a reutilização e possível reciclagem de materiais, em linha com as orientações mundiais de protecção ambiental, mas também com as de ordem económica, devido ao seu fácil acesso e disponibilidade. O presente trabalho procura esclarecer os fundamentos e a importância da aplicação destes novos materiais e dos processos construtivos que lhe estão associados, através do estudo de obras arquitectónicas construídas onde os mesmos foram utilizados. Assim, apela-se à importância desta nova linha de pensamento no âmbito de arquitectura, enquanto pista para novas soluções construtivas e aplicações viáveis com estes, ou outros objectos do quotidiano. Reinventando novos materiais de construção como fruto de um pensamento projectual inovador, o arquitecto reposiciona o seu papel como reutilizador de objectos comuns e inventor de novas soluções, prestando, ainda, um importante contributo para um futuro mais sustentável.
Descrição: Dissertação de mestrado integrado em Arquitectura, Universidade Lusíada de Lisboa, 2015
Exame público realizado em 28 de Janeiro de 2016
URI: http://hdl.handle.net/11067/1890
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULL-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_marta_costa_dissertacao.pdfDissertação21,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.