Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1838
Título: Reuso adaptativo como meio de recuperação do património religioso
Autor: Palhares, Luís André Fernandes
Orientador: Malheiro, Davide Miguel Guimarães
Palavras-chave: Arquitectura
Património arquitectónico religioso
Convento
Reconversão
Património
Conservação
Edifícios Históricos
Reforma para Outro Uso
Portugal
Caso de estudo
Convento de São Francisco do Monte
Viana do Castelo
Data: 26-Jan-2016
Resumo: A presente dissertação aborda o tema do reuso no património Arquitectónico monástico, como meio de manter e preservar a memória do passado, com vista ao futuro. A motivação da presente dissertação incidiu sobre a problemática do abandono, bem como o "total" esquecimento da memória colectiva do objecto (convento S. Francisco) e do lugar. Este foi o ponto de partida para o presente estudo, onde abordamos o Reuso Adaptativo, abrangendo o património monástico, e a sua reconversão para diferentes tipos de uso bem como a sua história e evolução arquitectónica ao longo do tempo. Sendo esta uma operação complexa e audaciosa do ponto de vista da reabilitação do Património, interessou analisar as vantagens e desvantagens deste (Reuso Adaptativo) no contexto social, cultural e económico atual, tal como a aplicação dos mesmos. Para isto, estudaram-se e compararam-se casos de referência pertinentes para o tema, na sua relação com a problemática do reuso. Pretende-se então refletir sobre as vantagens do reuso adaptativo, como forma de se voltar a introduzir e relacionar este tipo de edifícios com a sociedade atual, não se enumerando um uso tipificado, mas sim o uso que concilie as exigências do proprietário, com o anseio das populações e religião onde se encontra inserido o objeto, e as características do imóvel. Conclui-se com um possível reuso para o caso de estudo, já formulado pelo proprietário e de forma a introduzir o mesmo na sociedade contemporânea.
Abstract: This dissertation addresses the reuse of architectural heritage theme in the monastic, as a means of maintaining and preserving the memory of the past, for the future. The motivation of this dissertation focused on the issues of abandonment and the "total" forgetting the collective memory of the object (Convent St. Francis) and place. This was the starting point for this study, in which we discussed the Adaptive Reuse, covering the monastic heritage, and their conversion for different types of use as well as its history and architectural evolution over time. Since this is a complex and audacious operation from the point of view of rehabilitation Heritage, interested analyze the advantages and disadvantages of this (Adaptive Reuse) in the social, cultural and economic current, such as the application. For this, they studied and compared to cases of relevant reference to the subject, in relation to the problem of reuse. The aim then reflect on the advantages of adaptive reuse as a way to re-enter and to relate such buildings to current society, not listing a typified use, but the use reconciling the requirements of the owner, with the desire of the people and religion which is inserted the object, and properties of the accommodation. We conclude with a possible reuse for the case study, as formulated by the owner and in order to introduce the same in contemporary society.
Descrição: Exame público realizado em 10 Julho 2015.
Dissertação de mestrado realizada no âmbito do Mestrado em Arquitectura.
URI: http://hdl.handle.net/11067/1838
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado.pdf
  Restricted Access
Dissertação de mestrado191,21 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.