Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1642
Título: Habitação evolutiva
Autor: Ganilho, Sónia Patrícia Monteiro da Silva
Orientador: Pires, João Jorge Sequeira
Palavras-chave: Arquitectura de habitação
Data: 8-Out-2015
Resumo: Sumário: 1. Século XIX: As primeiras expressões de uma arquitectura evolutiva no Porto 1.1 Caracterização tipológica da Ribeira: Contextualização geográfica e Histórica do núcleo medieval do Porto, p. 6 1.2 Tipologia Habitacional na forma da cidade: A Habitação burguesa do Porto mercantilista, p. 10 1.3 Estudo de casos 1.3.1 Casa parcela n°7 no Rua Cima do Muro, Porto, p. 20 1.3.2 Casa n°10 na Rua do Outeiro, Porto, p. 26 2. As casas ampliáveis do século XX 2.1 Antecedentes Históricos: O Movimento Moderno e a BauHaus, p. 32 2.2 Pré-fabricação e produção em série, p. 42 2.3 Tipo e Módulo, p. 46 2.4 O Habitar: A "unidade mínima", p. 50 2.5 Estudo de casos 2.5.1 Casa pré-fabricada e ampliável, Walter Gropius, 1932, p. 56 2.5.2 Bairro da Malagueira, Siza Vieira, 1977, p. 61 3. A habitação evolutiva do século XXI 3.1 Contextualização temática da Habitação evolutiva, p. 70 3.1.1 A casa, o refúgio do Homem, p. 78 3.1.2 A família, convivências de gerações e ocupação da Habitação, p. 82 3.1.3 Forma e implantação do Lote, p. 85 3.1.4 Núcleo inicial habitável, p. 89 3.1.5 Ampliação da habitação por autoconstrução, p. 94 3.1.6 Divisão, compartimentação, adaptação e flexibilidade internas, p. 98 3.1.7 Espaços exteriores, p. 103 3.1.8 Materiais, sistemas construtivos e economia, p. 105 3.1.9 Imagem urbana e fachada, p. 109 3.2 Estudo de caso 3.2.1 Projecto Elemental Chile 2001, p. 112 4. Caso prático: Consolidação da frente ribeirinha entre os Guindais e as Fontaínhas 4.1 Contextualização histórica e geográfica, p. 120 4.2 Proposta urbana, p. 123 4.3 Projecto de 3 habitações evolutivas, p. 127 4.4 Pormenorização, p. 141 Resumo: Na actualidade, a arquitectura do habitar reduz-se à representação de uma ideia comum, aparentemente concebida para suprir todas as problemáticas e dirigida apenas a um habitante-tipo. Por um lado, temos a casa isolada projectada para um morador previamente definido, o cliente. Por outro, um conjunto habitacional apresentando características morfológicas semelhantes abrigará, contudo, famílias de contextos sociais e culturais bastante diferentes. O presente trabalho propõe reafirmar a adopção de medidas que permitam a realização uma tipologia habitacional capaz de adaptar-se ao seu morador, e não o inverso. Referimo-nos à temática da habitação evolutiva. A contextualização do tema é apresentada através de uma análise histórica proposta em três momentos que consideramos mais relevantes: a cidade medieval, o movimento moderno e a contemporaneidade. Com base nestes dados, propomos a sua materialização numa tipologia que se caracteriza, essencialmente, por permitir a sua manipulação espacial pelo habitante, e que será representada em desenhos técnicos desenvolvidos no âmbito da disciplina de Projecto III. Através dos processos de ampliação e expansão e a partir de um volume mínimo habitável, a família personalizará a sua casa dando resposta às suas necessidades.
Abstract: At present, the architecture of dwelling is reduced to the representation of a common idea, apparently designed to meet all issues and targeted only to a habitant-standard. On the one hand, we have a detached the house designed for a resident previously definite, the client. Second, housing showing similar morphological characteristics, however, will accommadate families of social and cultural contexts quite different. This work proposes to reaffirm lhe adoption of measures to perform a housing typology able to adapt to their inhabitant, and not the reverse. We refer to the subject of evalutionary housing. The contextualization of the theme is presented through a historical analysis proposed in three stages which we consider most relevant: the medieval city, the modern movement and the contemparaneity. On that basis, we propose its materialization in a typology mainly characterized by allowing its spatial manipulation by the inhabitant, which will be represented in drawings developed under the discipline of Project III. Through the processes of magnification and expansion, and from a minimum habitable volume, the family will customize their home responding to their needs.
Descrição: Exame público realizado em 26 de Janeiro de 2010
Dissertação de Mestrado realizada mo âmbito do Mestrado em Arquitectura.
URI: http://hdl.handle.net/11067/1642
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULP-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado.pdf
  Restricted Access
16,57 MBAdobe PDFVer/Abrir Request a copy


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.