Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1631
Título: Identidade sensorial : a dimensão identitária e sensorial na arquitectura
Autor: Fernandes, Jonathan Gonçalves
Orientador: Lemos, Maria da Assunção Oliveira Costa
Palavras-chave: Identidade urbana
Lugar
Arquitectura
Data: 2-Out-2015
Resumo: Debruçando-nos sobre a temática desta dissertação, deparamo-nos com a necessidade urgente de mudança de rumo no processo criativo e conceptual que é solicitado à arquitectura. A vontade de afirmar que um edifício não pode ser “apenas um edifício”, mas sim uma extensão do ser que o ocupa, um espaço potenciador dos sentidos e dos valores identitários, levou-nos a investigar a importância do sistema sensorial humano na percepção e comunicação da identidade dos espaços físicos, sejam eles urbanos ou não, que nos rodeiam. A procura por uma arquitectura sensorial e identitária que trate esta vertente dos sentidos e dos valores autênticos do homem, do espaço e do local, da tectónica e da poética, constitui para nós a resposta a um novo rumo que a arquitectura deve tomar face à arquitectura mediática e gerida pela imagem sob o espectro do consumismo e da globalização. Actualmente, o homem tende a sucumbir e aprisionar-se sob o domínio visual, seja através de imagens computadorizadas, do marketing imobiliário, da publicidade, etc, pois encontra-se numa sociedade onde rapidamente sofre mutações ao nível cultural, sociológica e filosófica. É por isso de reforçada importância, defender-se uma arquitectura que potencie os sentidos de forma a originar a compreensão e preservação dos valores identitários tanto ao nível local como urbano. A arquitectura deve ser concebida para o homem e não para um grupo de indivíduos “estandardizados”. Deve ser uma arquitectura, que na arte de projectar se deve preocupar com a singularidade do individuo e não em realizar uma arquitectura de “catálogo”. Devido a transdisciplinaridade que o tema nos apresentou, a pesquisa levou-nos a aprofundar não só questões arquitectónicas, como também filosóficas, antropológicas e sociais, sendo que este trabalho de investigação maioritariamente teórico culminou na elaboração de um trabalho prático que se encontra enquadrado e com devida contextualização teórica no final da presente dissertação.
Descrição: Mestrado Integrado em Arquitectura
Exame público realizado em 8 de julho de 2015
URI: http://hdl.handle.net/11067/1631
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULF-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_jonathan_fernandes_dissertacao.pdfDissertação9,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.