Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/11067/1561
Título: Espaço como matéria-prima de criação na arquitectura
Autor: Leite, Filipe José Vieira
Orientador: Alves, Francisco Peixoto
Freitas, Ricardo Jorge Pombal Caetano de
Palavras-chave: Espaço
Arquitectura
Data: 29-Jun-2015
Resumo: O conceito de espaço no contexto da disciplina de arquitectura teve sempre um papel revelante enquanto forma de ‘pensar’ e ‘fazer’ projecto. Sob o ponto de vista do compromisso que a arquitectura na sua génese procura responder, de relação e resolução de problemas de índole humana, a percepção e importância do conceito de espaço neste sentido adquire uma necessidade de reflexão. A sociedade enquanto fenómeno que influência e determina a forma como o espaço é organizado, aliada ao meio físico que nos envolve e cerca conferem ao espaço o carácter de matéria. Hoje, numa sociedade em constante fervilhar, cada vez mais sedenta de acontecimentos, aliadas, por vezes, de práticas arquitectónicas chauvinistas, onde a necessidade de invenção e de originalidade transcendem os limites e contextos do espaço, impõe um olhar atento sobre o espaço enquanto essência e matéria arquitectural. O espaço deve ser compreendido como suporte social e físico, como palco que contêm valores e códigos, e também como a entidade que permite que estes perdurem sobre o tempo, transformando o espaço numa matéria manipulável. Assim, o espaço deve ser entendido como a matéria-prima que permite a criação arquitectónica, onde a arquitectura representa a máquina que o manipula e organiza.
The concept of space in the context of architectural discipline had always a relevant role as ‘thinking’ and ‘doing’ of the project. From the point of view of the commitment that architecture in its genesis aims to address, the relationship and problem solving of human nature, the perception and importance of the concept of space in this sense acquires a need for reflection. The society as a phenomenon that influences and determines how space is organized, together with the physical environment that evolves and surrounds us gives to space the nature of matter. Today, in a society in constant simmer, increasingly hungry for events, sometimes allied to chauvinistic architectural practices, where the need for invention and originality transcend the boundaries and contexts of space impose a close look to space as architectural essence and matter. The space must be understood as social and physical support, as a stage that contain values and codes, as well as the entity that allows them to endure over time, transforming the space into a manipulable material. Thus, the space must be understood as the raw material that allows architectural creation, where architecture represent simultaneously the art and the machine that handles and organizes space.
Descrição: Mestrado Integrado em Arquitectura
Exame público realizado em 12 de Junho de 2015
URI: http://hdl.handle.net/11067/1561
Tipo de Documento: Dissertação de Mestrado
Aparece nas colecções:[ULF-FAA] Dissertações

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
mia_filipe_leite_dissertacao.pdfDissertação20,48 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis Logotipo do Orcid 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.